Menina fingiu estar a dormir enquanto o pai matava a mãe e o irmão

Uma menina de 4 anos fingiu estar a dormir enquanto o pai matava a mãe e o meio irmão. Homicida suicidou-se depois da chacina.

Menina fingiu estar a dormir enquanto o pai matava a mãe e o irmão

Uma menina de 4 anos fingiu estar a dormir enquanto o pai matava a mãe e o meio irmão. Homicida suicidou-se depois da chacina.

Uma menina fingiu estar a dormir enquanto o pai matava a mãe e o irmão. Dornubari Dugbor, de 31 anos, o alegado homicida, alertou por telefone as autoridades policiais de Bellefontaine, nos Estados Unidos, dizendo que encontrariam «vários mortos» na sua casa.

Na passada quinta-feira, a polícia dirigiu-se à morada, deparando-se com três corpos. Dornubari Dugbor estava no sofá da habitação com o telemóvel numa mão e um revólver na outra.

LEIA MAIS: Menino urinou nos botões do elevador e ficou preso [vídeo]

Katrina Banks, também de 31 anos, e o filho Kevin Johnson, de 15, também se encontravam sem vida, com ferimentos de balas. Segundo fonte da polícia, Dornubari matou a esposa e depois o filho desta, fruto de uma anterior relação.

Noutra divisão, encontraram uma menina de quatro anos, que acabou por contar que ouviu «vários disparos» e fingiu «que estava a dormir» quando ouviu alguém a aproximar-se do seu quarto.

A menina fingiu estar a dormir, mas «ouviu toda a tragédia e os disparos», relata fonte policial

Depois, segundo contou, «quando estava tudo em silêncio» dirigiu-se à sala, onde viu o corpo da mãe e o pai, ainda acordado. «Ele disse-me para me ir embora e fechar-me no meu quarto», contou.

«Lamentavelmente, a criança ouviu toda a tragédia. E ouviu também os disparos», explicou o comandante da polícia, Jeremy Ihiler. A criança foi encaminhada para um hospital, onde ainda se encontra em avaliação psiquiátrica. Será depois entregue a familiares da mãe.

LEIA MAIS: Intestinos de mulher desprendem-se após violação em grupo

Segundo avançaram os vizinhos, Dornubari «não vivia com a família», que «apenas visitava periodicamente». Porém, nunca perceberam «a existência de problemas entre o casal». A polícia não sabe ainda o motivo do crime.

Impala Instagram


RELACIONADOS