Menina de 3 anos esquecida por professores morre congelada em infantário

Menina esquecida por professores morre congelada num infantário. A criança, de 3 anos, não resistiu às temperaturas inferiores a 5 graus, na Rússia.

Uma menina foi esquecida por professores e morreu congelada num infantário. A criança, de três anos, não resistiu às temperaturas inferiores a 5 graus, na Rússia. Zakhra Rzayeva congelou até à morte no recreio do infantário que frequentava, em Moscovo, na Rússia. A menina foi ao recreio com os colegas e, no regresso à sala, a educadora esqueceu-se dela no exterior.

LEIA MAIS: Menino atropelado sobrevive por milagre [vídeo]

A zona de recreação tem um portão que a separa das salas, sendo impossível ouvir os gritos de socorro. Zakhra foi encontrada ao final da tarde, tendo ficado abandonada desde a parte da manhã. A menina foi encontrada por uma funcionária atrás de um monte de neve que se tinha, entretanto, acumulado ao longo do dia. Os paramédicos foram chamados ao local, mas limitaram-se a declarar o óbito.

Responsáveis querem perceber como ninguém deu pela falta da menina durante «6 horas»

O Comité de Investigação de Crimes Graves da Rússia está a investigar o caso. Os responsáveis querem perceber como ninguém deu pela falta da criança num período de «cerca de 6 horas» e quem é responsável pela morte da menina. Os pais de Zakhra, Rizvan Rzayev e Gulnara Shakhadat ainda não prestaram declarações porque estão em estado de choque. Um amigo da família tem sido o porta-voz da família e afirmou que ambos estavam «desconfiados de que algo de grave se passava no infantário».

LEIA MAIS: Jovem com o rosto desfigurado maquilha-se pela primeira vez [vídeos]

«Três dias antes da morte, Zakhra chegou a casa com os lábios inchados e a dizer que tinha medo de ir à escola e de algumas educadoras. Os pais não tinham tido razões de queixa até então e nunca pensaram que algo assim poderia acontecer», sublinhou. Os responsáveis pelo infantário negaram que a criança tivesse ficado ao frio tantas horas. «Saíram para jogar às 11h00 e demos conta da falta da menina à hora de almoço», afirmou a diretora. Uma tese que acabou por cair por terra com o resultado da autópsia. No relatório, a causa da morte apontada é a de «exposição a frio extremo de mais de cinco horas e meia».

LEIA MAIS: Pai preso em Lisboa por agredir bebé de dois anos


RELACIONADOS

Menina de 3 anos esquecida por professores morre congelada em infantário

Menina esquecida por professores morre congelada num infantário. A criança, de 3 anos, não resistiu às temperaturas inferiores a 5 graus, na Rússia.