Membro das forças armadas do Irão envolvido em assassínio de físico nuclear

Um membro das forças armadas do Irão está envolvido no assassínio de Mohsen Fakhrizadeh, o físico nuclear morto no final de novembro perto de Teerão, disse o ministro dos Serviços de Informação iraniano.

Membro das forças armadas do Irão envolvido em assassínio de físico nuclear

Membro das forças armadas do Irão envolvido em assassínio de físico nuclear

Um membro das forças armadas do Irão está envolvido no assassínio de Mohsen Fakhrizadeh, o físico nuclear morto no final de novembro perto de Teerão, disse o ministro dos Serviços de Informação iraniano.

“A pessoa que fez os preparativos iniciais para o assassínio era um militar”, anunciou na segunda-feira à noite Mahmoud Alavi numa entrevista à televisão estatal, sem fornecer mais detalhes.

Alavi enfatizou que o seu o Ministério não tem competência para “recolher informações sobre as forças armadas” do Irão.

Fakhrizadeh foi morto em 27 de novembro perto de Teerão, num ataque ao veículo em que seguia.

O físico nuclear foi apresentado, após a sua morte, como vice-ministro da Defesa e chefe da Organização de Investigação e Inovação em Defesa (Sépand), tendo nomeadamente contribuído para a “defesa atómica” do país.

As autoridades iranianas acusaram Israel de ter ordenado este ataque e, segundo Teerão, usaram uma metralhadora controlada por satélite, entre outros equipamentos. Israel não reagiu a essas acusações.

Em dezembro, o líder supremo do Irão, o ‘ayatolah’ Ali Khamenei, concedeu uma prestigiosa condecoração militar postumamente ao físico nuclear.

Em 2018, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, apresentou Fakhrizadeh como o diretor de um programa nuclear militar secreto cuja existência o Irão sempre negou.

CSR // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS