Médico suspenso por suspeitas de abusar de doente acamada exerce no privado

Diretor do Serviço de Neurologia do Hospital do Divino Espírito Santo foi afastado de funções por queixa de abuso sexual mas continua a dar consultas numa clínica privada.

Médico suspenso por suspeitas de abusar de doente acamada exerce no privado

Médico suspenso por suspeitas de abusar de doente acamada exerce no privado

Diretor do Serviço de Neurologia do Hospital do Divino Espírito Santo foi afastado de funções por queixa de abuso sexual mas continua a dar consultas numa clínica privada.

José Lopesdiretor do Serviço de Neurologia do Hospital do Divino Espírito Santo (HDES), em Ponta Delgada, Açores, está suspenso de funções há dois meses, por suspeitas da prática de abusos sexuais a uma doente acamada. No entanto, continua a exercer no privado. Segundo o Correio da Manhã, a queixosa terá sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) e por isso estava hospitalizada. Os abusos que a mulher alega, aconteceram durante o período em que estava acamada, num quarto daquela unidade de saúde. Ainda não foram apurados o tipo de abusos que deram origem à queixa.

Médico continua a exercer no privado

A denúncia fez com que fosse aberto um inquérito interno pela administração do HDES e, consequentemente, o clínico fosse suspenso provisoriamente. Ainda assim, a verdade é que o médico – com grande reputação e vasto currículo – continua a exercer e dá consultas numa clínica privada em São Miguel. Esta não será a primeira vez que José Lopes é acusado deste tipo de crimes. De acordo com a RTP Açores, há uma queixa no Conselho de Disciplina da Ordem dos Médicos por alegado abuso sexual a uma utente numa unidade de saúde privada.

Médico partilha imagens de sexo em consultório [fotos e vídeo]
Lino Neves da Silveira gravou-se a ter sexo com pacientes e até colegas de profissão em pleno consultório. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS