Mata a mulher grávida e as duas filhas por amor à amante

Caso aconteceu em Colorado, nos Estados Unidos.

Mata a mulher grávida e as duas filhas por amor à amante

Mata a mulher grávida e as duas filhas por amor à amante

Caso aconteceu em Colorado, nos Estados Unidos.

Um homem matou a mulher grávida e as duas filhas de ambos para poder ficar com a amante. O caso que aconteceu em Colorado, nos Estados Unidos, está a chocar o mundo.

LEIA DEPOIS
Previsão do tempo para esta segunda-feira, 7 de outubro

De acordo com o Daily Mail, Chris Watts, de 34 anos, confessou o crime através de uma carta escrita para um colega numa prisão e referiu mesmo que «nunca teria matado a minha família se não tivesse conhecido a Nikki».

«Os sentimentos do meu amor por ela estavam a superar-me. Não senti quaisquer remorsos. Tudo o que consegui sentir foi que agora estou livre para estar com ela», pode ler-se na carta.

Chris Watts revelou que sufocou as duas filhas e que estrangulou a mulher que estava grávida

O suspeito assume ainda que esta não foi a primeira vez que tentou matar a mulher e as filhas, mas sim a segunda uma vez que já havia levado a família para um local mais reservado para perpetrar o crime.

Chris Watts é alvo de várias condenações de prisão perpétua, uma vez que em 2018 já foi condenado por vários crimes. De referir que o homicida só conhece a amante há cerca de dois meses.

LEIA MAIS

Quatro sem-abrigo espancados até à morte com barra de ferro

Há um alimento que aumenta a atividade sexual e torna as mulheres mais férteis

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS