Massacre no Brasil | Polícia detém adolescente suspeito de ajudar a planear ataque em escola

A polícia brasileira deteve na manhã de hoje um adolescente de 17 anos por suspeita de ajudar a planear o massacre dentro de uma escola na cidade brasileira de Suzano, que terminou com dez mortos.

O adolescente, que não foi identificado pelas autoridades, acabou detido após a emissão de uma ordem judicial que vale por 45 dias e pode ser prorrogada. Na última quinta-feira, o adolescente suspeito apresentou-se à justiça, negou a participação no crime e foi liberado. As investigações, porém, apontaram que ele e os dois assassinos responsáveis pelo massacre no Brasil, Guilherme Taucci, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, conversaram e trocaram mensagens claras sobre o planeamento do ataque à escola.

O crime, ocorrido na última quarta-feira de manhã na escola Raul Brasil, localizada na cidade brasileira de Suzano, na grande São Paulo, terminou com 10 mortos, incluindo os dois responsáveis pelo massacre.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para quarta-feira, 20 de março

Rosa Grilo com amante em festival de música no dia em que o corpo do marido foi encontrado

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Massacre no Brasil | Polícia detém adolescente suspeito de ajudar a planear ataque em escola

A polícia brasileira deteve na manhã de hoje um adolescente de 17 anos por suspeita de ajudar a planear o massacre dentro de uma escola na cidade brasileira de Suzano, que terminou com dez mortos.