Marco Silva condenado a prisão perpétua por matar ex-namorada

Chega ao fim o julgamento de recurso do português condenado pela morte da ex-namorada. Marco Silva vai mesmo cumprir a pena máxima.

Marco Silva condenado a prisão perpétua por matar ex-namorada

Marco Silva condenado a prisão perpétua por matar ex-namorada

Chega ao fim o julgamento de recurso do português condenado pela morte da ex-namorada. Marco Silva vai mesmo cumprir a pena máxima.

Marco Silva, condenado em janeiro de 2021 a prisão perpétua por matar a ex-namorada no Luxemburgo, vai mesmo cumprir pena. O português, de 33 anos, tinha apresentado recurso alegando ser inocente. O julgamento final decorreu nesta terça-feira e o juiz confirmou a pena inicial. De acordo com o jornal Contacto, Marco foi acusado de raptar e matar Ana Lopes em 16 de janeiro de 2017. Esta foi dada como desaparecida no dia 15 e, dois dias depois, o seu carro foi encontrado carbonizado em Roussy-le-Village, perto da fronteira com o Luxemburgo. O casal tinha um filho em comum.

Marco Silva clama inocência

O português foi detido seis meses após o homicídio e condenado a perpétua em janeiro de 2021. Em tribunal, disse estar inocente. “Tenho a acusação, a parte civil e a polícia contra mim, mesmo sendo inocente”, disse, citado pela RTL, tendo posteriormente traçado um perfil negativo da mulher. Dizia então que “escolhia mal” as companheiras. A defesa de Marco Silva tentou ao longo do julgamento invocar a pouca certeza em relação à origem dos vestígios de ADN encontrados num rolo de fita adesiva junto ao carro da vítima, tendo inclusive, um perito sido ouvido. No entanto, o juiz viria a confirmar a pena.

LEIA AINDA
Treinador de Beja acusado de mais de 12 mil crimes sexuais

Impala Instagram


RELACIONADOS