Treinador Manuel Machado em risco de vida após lipoaspiração recebe indemnização milionária

O treinador de futebol Manuel Machado esteve internado seis semanas em risco de vida na sequência de uma lipoaspiração mal feita. Agora, Tribunal decreta indemnização milionária por erro médico.

Treinador Manuel Machado em risco de vida após lipoaspiração recebe indemnização milionária

Treinador Manuel Machado em risco de vida após lipoaspiração recebe indemnização milionária

O treinador de futebol Manuel Machado esteve internado seis semanas em risco de vida na sequência de uma lipoaspiração mal feita. Agora, Tribunal decreta indemnização milionária por erro médico.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) aumentou a indemnização a pagar a o treinador Manuel Machado pelas sequelas de uma lipoaspiração realizada em 2009. O acórdão confirma existência de erro médico e calcula danos patrimoniais futuros em 60 mil euros, valor 20 mil superior ao que anteriormente tinha sido estipulado. A estes 60 mil, soma-se a quantia por danos patrimoniais de 46 mil euros. Machado irá desta forma ser indemnizado em 106 mil euros, mais juros.

LEIA DEPOIS
Fãs surpreendem Cristiano Ronaldo e Georgina em alto mar [vídeo]

Manuel Machado sentia fortes dores, que o médico considerava «normais»

Em dezembro de 2019, o tribunal da Relação do Porto já tinha condenado um médico e uma companhia de seguros a indemnizar o treinador em cerca de 86 mil euros. Machado pedia inicialmente 285 mil e recorreu. Em 21 de maio, o Supremo elevou a indemnização em 20 mil euros.

Em 23 de novembro de 2009, o na altura treinador do Nacional da Madeira foi submetido a uma lipoaspiração abdominal e torácica numa clínica do Porto. Teve alta no dia seguinte e já em casa começou a sentir fortes dores. O médico que o operou visitou-o e considerou estar «tudo bem», apesar das dores, que eram «normais». Na madrugada seguinte, Manuel Machado deslocou-se às urgências de uma clínica privada e, nesse mesmo dia, horas mais tarde, regressou ao Funchal.

Coma induzido e perigo iminente de perder a vida

Quatro dias depois de operado, foi hospitalizado e operado de urgência, mantendo-se internado seis semanas em coma induzido e em perigo iminente de perder a vida. Só em 8 de janeiro de 2010 teria alta, depois de diversas cirurgias. Apurou-se que o motivo das complicações era uma «septicemia decorrente de uma ação traumática que perfurou o intestino» durante a lipoaspiração.

Regresso ao ativo em clube novo de Guimarães

O tribunal concluiu ter havido erro médico e lugar a indemnização, calculando 5% de incapacidade e o esforço adicional que o treinador passou a ter de fazer diariamente e o sofrimento por que passou. Para a indemnização contribuiu ainda a amplificação do caso, por ser figura pública, e o receio que adquiriu ao ser atingido por uma bola na zona do abdómen. Manuel Machado irá treinar na próxima época o clube Berço Sport Clube, de Guimarães, emblema fundado há apenas quatro anos e que atua nos escalões inferiores.

LEIA AGORA
Casal apanha homem reformado a violar menina em parque

Impala Instagram


RELACIONADOS