Mais de 200 mil jovens não estudam nem trabalham

Dos 2,2 milhões de jovens com idades entre os 15 e os 34 anos, 10% não tem qualquer atividade.

Mais de 200 mil jovens não estudam nem trabalham

Mais de 200 mil jovens não estudam nem trabalham

Dos 2,2 milhões de jovens com idades entre os 15 e os 34 anos, 10% não tem qualquer atividade.

O número de cidadãos, com idades compreendidas entre os 15 e os 34 anos, que não trabalha nem estudo reverteu a tendência de queda que vinha a registar desde o ano de 2013. De acordo com o Correio da Manhã, nos últimos três meses do ano, dos 2,2 milhões de cidadãos da faixa etária, mais de 220 mil não estudam nem trabalho, uma situação classificada como ‘nem-nem’. Segundo o Instituto Nacional de Estatísticas, ouve uma subida de 1,3 pontos comparativamente aos três meses anteriores.

LEIA DEPOIS

Previsão do tempo para quinta-feira, 7 de novembro

Mulheres estão em maioria entre os 220 mil cidadãos

A taxa de jovens que não estavam empregados nem em educação aumentou 29,3 mil. A subida resultou do aumento de mulheres naquela situação (33,7 mil), havendo também um ligeiro decréscimo no grupo masculino (4,5 mil). O sexo feminino está em maioria entre os 220 mil cidadãos que se enquadram na situação ‘nem-nem’.

O aumento da taxa foi acompanhado por acréscimos em todas as faixas etárias, sobretudo dos 25 aos 34 anos. Nessa faixa houve um aumento de 11,8 mil jovens que não trabalham nem estudam, comparativamente ao segundo trimestre do ano.

LEIA MAIS

Polícia evacua dois campos de migrantes perto de Paris

Custódia Gallego e a morte do filho: «A saudade é muita»

 

Impala Instagram


RELACIONADOS