Mais de 800 detidos em megaoperação de combate ao crime em Macau

Uma operação tripartida entre Macau, Guangdong e Hong Kong levou à detenção de 812 pessoas, em menos de dois meses, no antigo território administrado por Portugal pela prática de crimes relacionados com câmbio, empréstimo e prostituição, foi hoje anunciado.

Mais de 800 detidos em megaoperação de combate ao crime em Macau

Mais de 800 detidos em megaoperação de combate ao crime em Macau

Uma operação tripartida entre Macau, Guangdong e Hong Kong levou à detenção de 812 pessoas, em menos de dois meses, no antigo território administrado por Portugal pela prática de crimes relacionados com câmbio, empréstimo e prostituição, foi hoje anunciado.

“Foram detidos 625 indivíduos pela prática de câmbio ilegal, 69 pela prática de empréstimo ilegal e 118 pela prática de prostituição”, anunciaram os Serviços de Polícia Unitários de Macau, em comunicado.

Entre 15 de julho e 12 de setembro de 2019, decorreu a operação “Trovoada 2019” que se focou no combate ao crime organizado, agiotagem, estupefacientes, burla telefónica transfronteiriça e imigração ilegal, lê-se na mesma nota.

No total, foram mobilizados mais de 11 mil agentes policiais. Ainda no âmbito desta operação, 24.359 pessoas foram sujeitas a identificação, 3.777 foram conduzidas “à Polícia para efeitos de averiguações da identidade”, das quais 917 foram encaminhadas para o Ministério Público.

Destas, 37 pessoas são suspeitas de casos relacionados com droga, 198 de agiotagem, entre as quais 48 pela prática de sequestro e 10 suspeitas de auxílio à imigração ilegal.

“Em relação ao cumprimento de mandados de detenção emitidos pelas autoridades judiciárias, foram intercetados e detidos 39 indivíduos, dentro dos quais, 9 foram entregues de imediato ao Estabelecimento Prisional para cumprimento da pena”, apontaram as autoridades.

MIM // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS