Mais de 30 militantes do Boko Haram mortos em combate com exército do Níger

Trinta e três militantes do grupo ‘jihadista’ Boko Haram morreram nos últimos quatro dias, numa operação do exército do Níger na região sudeste do país.

Mais de 30 militantes do Boko Haram mortos em combate com exército do Níger

Mais de 30 militantes do Boko Haram mortos em combate com exército do Níger

Trinta e três militantes do grupo ‘jihadista’ Boko Haram morreram nos últimos quatro dias, numa operação do exército do Níger na região sudeste do país.

Niamey, 13 mar (Lusa) – Trinta e três militantes do grupo ‘jihadista’ Boko Haram morreram nos últimos quatro dias numa operação do exército do Níger na região sudeste do país, junto ao lago Chade, anunciou hoje o ministro da Defesa nigerino.

Durante a operação, as tropas nigerinas confiscaram uma quantidade elevada de material, incluindo dois carros veículos com armas antiaéreas, duas motos, um morteiro, e dez armas de assalto “AK47”, assim como mais de 3.600 balas de diversos calibres.

À agência espanhola Efe, uma fonte militar indicou que esta operação das forças militares nigerinas foi iniciada pouco depois de o grupo Boko Haram ter matado sete membros da guarda nacional do Níger, na semana passada, em Diffa.

O Boko Haram nasceu nos estados muçulmanos do nordeste da Nigéria, e ataca regularmente populações civis em países vizinhos como o Chade e o Níger.

A atual ofensiva militar das forças do Níger surge numa altura em que autoridades de Diffa prolongaram o período para que os militantes locais do Boko Haram entregassem as suas armas e se rendessem.

Perante o baixo número de militantes que se entregaram até ao prazo inicial de 31 de dezembro (177, no total), o governador de Diffa, Mahamadu Laualy, decidiu prolongar o período de forma indefinida para encorajá-los a “aproveitar a mão estendida pelo governo”.

JYO // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS