Maëlle morre de choque tóxico provocado por um tampão. Tinha 17 anos

Uma jovem belga morreu recentemente vítima de um choque tóxico provocado por um tampão. Maëlle foi várias vezes ao hospital, mas os sintomas, semelhantes aos de uma gastroenterite, foram desvalorizados.

Maëlle morre de choque tóxico provocado por um tampão. Tinha 17 anos

Maëlle morre de choque tóxico provocado por um tampão. Tinha 17 anos

Uma jovem belga morreu recentemente vítima de um choque tóxico provocado por um tampão. Maëlle foi várias vezes ao hospital, mas os sintomas, semelhantes aos de uma gastroenterite, foram desvalorizados.

Maëlle, de 17 anos, deslocou-se várias vezes ao hospital, mas os sintomas semelhantes aos de uma gastroenterite foram desvalorizados. Só à terceira vez os médicos lhe diagnosticaram um choque tóxico provocado por um tampão. No entanto,  nessa altura, já foi tarde demais para salvar a vida da jovem belga. Maëlle começou a sentir-se mal a 6 de janeiro, depois de regressar do ginásio. Horas mais tarde, devido ao agravamento do quadro clínico (com náuseas, febre e vómitos) resolveu ir ao hospital. Aceitou o diagnóstico de uma gastroenterite e regressou a casa, mas a falta de força, associada a uma perda de visão e à tensão baixa, levou-a novamente a procurar ajuda médica. Desta vez, foi de ambulância e acompanhada pela família. Voltaram a repetir-lhe a mesma palavra: gastroenterite.

LEIA DEPOIS
Doente renal dá a volta ao mundo com a família: «Somos melhores pessoas agora»

«Ela era obcecada por esta doença»

Desesperados, os pais decidiriam transportá-la para outro hospital e Maëlle acabou por ser internada de imediato na unidade de Cuidados Intensivos, tendo morrido a 9 de janeiro. A mãe da jovem, Laurence Hennuy, que tem partilhado publicamente a história dramática na sua página de Facebook,  contou à RTBF, televisão pública belga, que a filha deu entrada na unidade de saúde com uma desidratação severa e, só nessa altura, lhe foi diagnosticado o choque tóxico provocado pelo uso de um tampão. «Ela era obcecada por esta doença. Estava muito consciente do problema e tinha medo. Mudava o tampão regularmente, mas dizia-me sempre: ‘Mãe, e se eu me esquecer?’».

Principais sintomas da doença

De acordo com o jornal El Mundo, várias marcas de tampões alertam para a possibilidade de choque tóxico provocado por dois tipos de bactérias: Staphylococcus aureus e Streptococcus pyogenes, normalmente encontradas na pele, na vagina, nas axilas e nas fossas nasais. Estima-se que um terço da população tenha esta bactéria, mas na maior parte dos casos esta não representa qualquer risco para a saúde.

Entre os principais sintomas, destaca-se febre alta, vómitos, diarreia, tonturas, dores musculares e de garganta e irritações cutâneas idênticas às de uma queimadura provocada pela exposição solar, especialmente nas palmas das mãos e na planta dos pés.

A modelo Lauren Wasser foi outra jovem que, em 2012, sofreu um choque tóxico devido ao uso de um tampão. Lauren teve de aprender a viver sem parte da perna direita, devido a uma gangrena, e mais tarde foi necessário amputar a perna esquerda.

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

My episode of #LIPSTORIES is out now – go listen by clicking the link in my bio! Thanks @girlboss @sc 🙌🏼 #GirlbossxSC

Uma publicação partilhada por Lauren Wasser (@theimpossiblemuse) a

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Reprodução Instagram e Facebook

LEIA MAIS
Montepio | Banco diz que buscas que estão relacionadas com clientes
Menino morre após vírus da gripe se espalhar para o coração

Impala Instagram


RELACIONADOS