Mãe grava vídeo de despedida antes de entregar o bebé para adoção [vídeo]

Jovem engravidou com 18 anos e o namorado faleceu pouco depois.

Uma mãe gravou um vídeo de despedida antes de entregar o bebé para adoção. A jovem engravidou com 18 anos e o namorado faleceu pouco depois. Sem condições para cuidar do filho, mas recusando-se a abortar, Hannah decidiu entregar o filho a «uma família que pudesse garantir um bom futuro» ao recém-nascido.

LEIA MAIS: Eis o castigo mais original que uma mãe pode dar a um filho

Resolveu gravar uma mensagem em vídeo para que o filho pudesse, um dia mais tarde, perceber que «a decisão se baseou num ato de amor». «Às oito semanas de gravidez ouvi o teu coração a bater. O teu papá, Kayden, não estava porque tinha aulas, mas mandei-lhe uma mensagem e ele emocionou-se. Se não te amasse, não estaria nesta posição e não terias esta família adotiva maravilhosa. Termino este vídeo com muitos beijinhos antes de te entregar a Brad e a Emily. Amo-te muito, meu pequenino, meu sol. Sinto muito. Amo-te demais.»

Sem condições para enfrentar a maternidade sozinha, Hannah decidiu dar o filho para adoção

Hannah Mongie, agora com 21 anos, natural de Utah, nos EUA, ficou grávida quando estudava no 12.º ano, assim como o namorado. O casal só se conhecia há dois meses. Apanhados de surpresa, decidiram que não queriam abortar. Contudo, tudo mudou quando Kayden faleceu de doença súbita durante o sono. Sem condições para enfrentar a maternidade sozinha, Hannah decidiu dar o filho para adoção. «Nunca pensei em abortar. Não seria capaz. Apesar de não ter sido uma gravidez planeada, amei-o desde o primeiro minuto e queria que ele tivesse uma vida feliz e longa», explicou a jovem.

LEIA MAIS: Bebé de um ano morre dentro de carro. Pai esqueceu-se da filha e foi trabalhar

Hannah esteve apenas 48 horas com o filho depois do parto. Foi nesse curto espaço que gravou a mensagem de despedida. O vídeo já foi visto mais de um milhão de vezes. Tagg foi entregue à família adotiva, que assinou um acordo de «adoção aberta». O que significa que a mãe biológica acompanha a vida do filho, sem restrições. A jovem aceitou, até, ser a ama do menino e as famílias estão felizes com a solução encontrada.

Aviso: este vídeo provoca emoções fortes

LEIA MAIS: Vizinho salva criança de queda iminente de um 10.º andar [vídeo e fotos]

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS