Mãe desabafa após filho de 18 meses morrer enforcado em colar de âmbar

Os colares de âmbar costumam ser usados pelos pais de crianças para aliviar a dor do nascimento dos dentes. No entanto, não existem provas de que tal adereço funcione

Mãe desabafa após filho de 18 meses morrer enforcado em colar de âmbar

Mãe desabafa após filho de 18 meses morrer enforcado em colar de âmbar

Os colares de âmbar costumam ser usados pelos pais de crianças para aliviar a dor do nascimento dos dentes. No entanto, não existem provas de que tal adereço funcione

O nascimentos dos primeiros dentes pode ser bastante doloroso para as crianças e frustrante para os pais, que pouco podem fazer. Na tentativa de aliviar as dores inerentes ao aparecimento dos dentes, muitos pais recorrem a colares de âmbar, conhecidos por alegadamente aliviarem o desconforto dos bebés.

LEIA MAIS Colares de âmbar são perigosos e inúteis, avisa a DECO

Danielle Morin , uma mãe dos Estados Unidos decidiu desabafar sobre a morte do filho – que ocorreu há dois anos – após entrar com um processo contra o site onde comprou o colar de âmbar com o qual o seu filho viria a morrer. O terrível acidente ocorreu enquanto o bebé, de 18 meses, estava na creche e a mãe a trabalhar. Durante a sesta, o menino enforcou-se com o colar.

«Fico muito emocionada quando falo sobre ele porque quero sempre ter a certeza de que estou a fazer isto em sua honra. Ele era um bebémuito doce. Sou mãe solteira e isso nos fez ficar muito próximos. Tínhamos uma relação muito próxima», contou Danielle à ABC.

 

«Eu nunca cliquei naqueles termos e condições. E esse é o ponto, várias crianças estão a receber esses presentes. É o tipo de alerta que os pais devem ter certeza de terem lido». diz Danielle.

Em nota enviada à ABC, a Etsy diz que lamenta a morte do menino, mas alega que não fez nada de errado. «A morte de Deacon foi uma grande tragédia e onosso coração está com a mãe e a família. Apesar de entendermos o desejo de tomar alguma atitude, ressalvamos que a Etsy é uma plataforma que não produz ou vende directamente itens. Acreditamos que a alegação deve ser encaminhada à creche que cometeu negligência ou, se apropriado, ao vendedor do colar», diz o comunicado.

Impala Instagram


RELACIONADOS