Mãe da jovem agredida por colega em Campo Maior conta versão da filha

Jovem de 16 anos está hospitalizada em Lisboa após ter sido alegadamente agredida por um colega da mesma idade, na Escola Secundária de Campo Maior, em Portalegre.

Mãe da jovem agredida por colega em Campo Maior conta versão da filha

Mãe da jovem agredida por colega em Campo Maior conta versão da filha

Jovem de 16 anos está hospitalizada em Lisboa após ter sido alegadamente agredida por um colega da mesma idade, na Escola Secundária de Campo Maior, em Portalegre.

Um jovem de 16 anos está hospitalizada em Lisboa depois de, alegadamente, ter sido agredida por um colega da mesma idade na Escola Secundária de Campo Maior, distrito de Portalegre. A mãe da menor falou à RTP sobre o estado de saúde da filha e contou a sua versão.

LEIA DEPOIS

Liga dos Campeões. O momento em que Kyle Walker se tornou guarda-redes [vídeo]

«Começaram a picar-se na sala de aula»

A mãe da jovem confirmou que os ferimentos da rapariga são graves e que foi por isso que a filha teve de ser transportada do Hospital de Elvas para o Hospital de Santa Maria.

«Começaram a picar-se na sala de aula, e depois foram para o intervalo, começaram-se a meter um com o outro. Ela chamou-o de ‘bêbado alcóolatra‘. Ele atacou-a, ela mordeu-o e, pronto, começou… deu porrada nela e foi isso», afirmou a mulher reproduzindo o que a filha lhe contou.

Agressor foi identificado

Contactada pela Lusa, fonte da GNR adiantou que os militares da guarda foram chamados à Escola Secundária de Campo Maior, tendo sido identificada a vítima e o alegado agressor, além de elaborado um auto de notícia. «Fomos informados e deslocámo-nos ao local. Estamos a desenvolver as investigações e o inquérito para apurar mais pormenores sobre a situação», acrescentou a mesma fonte da GNR.

LEIA MAIS

Mais de 200 mil jovens não estudam nem trabalham

Custódia Gallego e a morte do filho: «A saudade é muita»

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS