Mãe pede a autoridades para lhe retirarem filhas porque já não as ama

A mãe diz viver num «inferno» diariamente. O caso deu-se em Nova Gales do Sul, na Austrália.

Mãe pede a autoridades para lhe retirarem filhas porque já não as ama

Mãe pede a autoridades para lhe retirarem filhas porque já não as ama

A mãe diz viver num «inferno» diariamente. O caso deu-se em Nova Gales do Sul, na Austrália.

Uma mãe solteira pediu às autoridades australianas que lhe retirassem as duas filhas de 14 e 16 anos alegando que já não as ama. Tammy, residente em Nova Gales do Sul, garante que a sua vida é um «inferno» devido às filhas. «Já não existe amor. Não as amo. Elas são desagradáveis. Não as amo porque são as pessoas que são», afirma a mãe ao Daily Mail.

De acordo com a mesma publicação, a progenitora declara que só quer fechar as raparigas num quarto e que chega a ter medo delas. Tammy também terá enviado um vídeo representativo do comportamento das filhas às autoridades. «Levem-nas, levem-nas. A minha paciência chegou ao fim», acrescenta. As duas adolescentes explicaram que não são «assim tão más filhas» e que a mãe é que tem um comportamento inadequado com elas.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para quinta-feira

Chef Kiko não vai cozinhar em Marte porque concurso da NASA nunca existiu

Depressão Laura coloca sete distritos em aviso laranja. Chuva, vento e neve

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS