Luciana Abreu desmente guarda partilhada das gémeas com Daniel Souza

Luciana Abreu e Daniel Souza voltarão a tribunal quando for julgado o processo de violência doméstica que a atriz interpõe contra o guia turístico.

Luciana Abreu desmente guarda partilhada das gémeas com Daniel Souza

Luciana Abreu desmente guarda partilhada das gémeas com Daniel Souza

Luciana Abreu e Daniel Souza voltarão a tribunal quando for julgado o processo de violência doméstica que a atriz interpõe contra o guia turístico.

«Não corresponde à verdade». É desta forma que Luciana Abreu desmente categoricamente, através da sua assessoria, uma notícia avançada pela TV Mais, na qual é dada como certo que a atriz e cantora vai partilhar com o ainda marido, Daniel Souza, as responsabilidades parentais das filhas gémeas, Amoor e Valentine, de um ano e meio.

LEIA DEPOIS
Meghan Markle e príncipe Harry processam jornal britânico

A decisão, fundamenta aquela publicação na edição desta semana, terá sido tomada na audiência em que Luciana Abreu esteve presente, a 24 de setembro, no Tribunal de Cascais e na qual o guia turístico não esteve presente.

Segundo a TV Mais, as crianças iriam passar 15 dias com cada um dos progenitores. Mas Luciana Abreu nega veementemente este desfecho: «A informação que a revista TV Mais transmite, acerca do processo do divórcio e regulação das responsabilidades parentais, entre Luciana Abreu e Daniel Souza é única e simplesmente da responsabilidade da própria revista e de quem lhe forneceu esses dados.»

«Como tem sido apanágio, Luciana Abreu não se pronunciará publicamente sobre o processo enquanto este decorrer no lugar próprio», acrescentam os representantes da artista num comunicado enviado às redações.

«Está quase fechado»

Na edição em banca, a TV 7 Dias dá outra versão dos factos sobre o que aconteceu, naquele dia, no Tribunal de Cascais. De facto, a atriz esteve em sede de justiça para tratar do divórcio de Daniel Souza e da regulação das responsabilidades parentais das filhas mais novas, mas o advogado do guia turístico garantiu, no final da audiência, que não tinha havido um acordo.

Rui Bacelar começou por dizer que a questão da regulação das responsabilidades parentais «ficou resolvida», para, posteriormente, corrigir. «Está quase fechado. […] Isto vai continuar, mas pode haver um acordo entretanto. Estas coisas são sempre complicadas, como vocês imaginam. Não é fácil», disse o causídico.

Luciana Abreu e Daniel Souza voltarão a enfrentar-se em Tribunal brevemente, quando for julgado o processo de violência doméstica que a atriz interpõe contra o guia turístico. O caso está em «segredo de justiça», refere o advogado de Souza.

Saída antecipada foi acordada com a SIC

O outro ponto em que assenta o comunicado emitido, esta quarta-feira, pela assessoria de Luciana Abreu diz respeito ao alegado mal-estar que a eterna Floribella terá demonstrado durante a 24.ª edição dos Globos de Ouro.

Segundo a TV Mais, a atriz e cantora ficou desagradada com algo ocorrido nos bastidores da cerimónia, tendo voltado à sala do Coliseu dos Recreios, já depois de ter subido a palco para entregar um dos troféus, a afirmar: «Se é para isto, não contem mais comigo!»

Pouco tempo depois, Lucy abandonou o local. Todavia, os representantes da artista garantem que a sua saída antecipada foi previamente combinada com a SIC: «Luciana Abreu ficou muito grata por se lembrarem dela para participar na gala com a entrega de um Globo e foi com grande satisfação que tomou parte ativa na mesma. Quanto à saída e à descrição da mesma, o que a revista escreve é perfeito delírio, invenção e mentira. Com efeito, foi previamente acordado com a SIC, que sairia dessa cerimónia, logo que fosse possível, pelo simples facto de ter de estar ao serviço muito cedo no dia seguinte, para gravações da nova novela da SIC, Terra Brava.»

LEIA MAIS
Previsão do tempo para esta quinta-feira, 3 de outubro

Texto: Dúlio Silva com Carla Ventura | Fotografias: Impala e reprodução redes sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS