Árbitros querem sanções mais pesadas no regulamento disciplinar da Liga

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) diz que quer continuar a estar do lado da solução, para se ter um futebol cada vez mais puro.

Árbitros querem sanções mais pesadas no regulamento disciplinar da Liga

Árbitros querem sanções mais pesadas no regulamento disciplinar da Liga

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) diz que quer continuar a estar do lado da solução, para se ter um futebol cada vez mais puro.

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) defendeu esta segunda-feira, 24 de junho, sanções mais pesadas para agentes desportivos infratores, num comunicado em que justifica o seu voto contra as alterações ao regulamento disciplinar da Liga de clubes.

«A APAF votou contra o referido documento por entender que o mesmo devia contemplar sanções mais punitivas para os agentes desportivos prevaricadores. Desde sanções mínimas mais elevadas até à perda de pontos ou jogos à porta fechada nos casos mais graves», lê-se no comunicado.

APAF defende a sensibilização para a punição na Liga

As alterações ao regulamento disciplinar para a época 2019/20 foram aprovadas em Assembleia Geral Extraordinária da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), no sábado, com votos contrários da APAF, do Sindicato dos Jogadores e Associação Nacional de Treinadores de Futebol.

«Este sentido de voto desfavorável por parte da APAF e dos seus delegados já tinha sido o mesmo, na época passada, aquando da ratificação do documento para a época 2018/19», acrescenta a associação de árbitros.

A concluir, a APAF diz que quer continuar a estar do lado da solução, para se ter um futebol cada vez mais puro, e defende a sensibilização para a punição e erradicação de atos contrários aos que o desporto preconiza.

LEIA MAIS
Sismo em Portugal matará 17 mil a 27 mil pessoas [vídeo]
Família agredida à saída de bar. Se reconhecer estes rostos, avise a Polícia [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS