Jovem reencontra família 20 anos depois de se ter perdido

Vinte anos depois de se ter perdido da família numa viagem de comboio, Yula Gorina volta a encontrar os progenitores.

Jovem reencontra família 20 anos depois de se ter perdido

Jovem reencontra família 20 anos depois de se ter perdido

Vinte anos depois de se ter perdido da família numa viagem de comboio, Yula Gorina volta a encontrar os progenitores.

Yula Gorina perdeu-se numa viagem de comboio entre Minsk e Asipovichy, na Bielorússia, aos quatro anos. A menina acabou por ir parar à Rússia, a mais de 855 mil quilómetros de distância de casa, depois de o pai ter adormecido.

LEIA DEPOIS
Mulher encontrada carbonizada dentro de carro em Sintra

Jovem contou com a ajuda do namorado

Na altura, as autoridades não conseguiram encontrar os pais e colocaram a criança para adoção. Vinte anos depois, a menina reencontrou a família após o namorado a ter ajudado com uma pesquisa na internet. Um teste de ADN comprovou que Yula é mesmo filha de Lyudmila Moiseenko e Viktor. Ao The Sun, o casal explica que sempre procurou a filha, no entanto, acabar por se tornar suspeitos de a ter matado.

«Vinte anos é uma vida, mas nunca perdemos a esperança. Acreditávamos. E agora encontramo-nos», disse a mãe biológica, que reencontrou a filha na esquadra da polícia, em Marjina Horka.

«Estávamos todos em lágrimas»

A história de como desapareceu continua a ser uma incógnita, embora a jovem tenha memória de uma viagem com um casal que a pode ter raptado.  «Estávamos todos em lágrimas, nem conseguíamos falar, só nos abraçávamos», contou Yula. A jovem, agora de 24 anos, regressou à Rússia, onde constituiu a sua própria família.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para sexta-feira, 6 de setembro

Impala Instagram


RELACIONADOS