João de Deus denunciado pela décima vez por crimes sexuais [vídeo]

Nova denúncia contra o autoproclamado médium João de Deus chega ao Ministério Público. É já a décima acusação de violação sexual mediante fraude de que é alvo.

João de Deus denunciado pela décima vez por crimes sexuais [vídeo]

Nova denúncia contra o autoproclamado médium João de Deus chega ao Ministério Público. É já a décima acusação de violação sexual mediante fraude de que é alvo.

A primeira denúncia por violação de vulnerável e violação sexual contra João de Deus, alegado médium, chegou à Justiça brasileira a 9 de janeiro deste ano, noticia o Folha de São Paulo. Daí para cá, somam-se as queixas. O Ministério Público de Goiás acaba de entregar à Justiça a décima denúncia pelo crime de violação sexual praticado mediante fraude.

LEIA DEPOIS
Adolescente holandesa suicida-se com autorização dos pais após anos de depressão

João de Deus é influente e amigo de muitos influentes, como a ex-mulher de Mick Jagger

Luciana Gimenez, ex-mulher de Mick Jagger, é uma das personalidades amigas de João de Deus

A denúncia foi divulgada esta terça-feira, 4 de junho, no dia em que o Superior Tribunal de Justiça determinou o regresso de João de Deus à prisão, recusando de forma liminar o pedido de  internamento do autoproclamado médium, internado num hospital de Goiânia para tratamento de um aneurisma no abdómen. A publicação de São Paulo adiante ainda que, «de acordo com a Promotoria, as novas vítimas de João de Deus relataram que foram violentadas na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia», local conhecido internacionalmente por ser um centro espiritual de curas de doenças.

Entrevista do médium na Casa Dom Inácio de Loyola

LEIA MAIS
Previsão do tempo para quinta-feira, 6 de junho de 2019
Mata primo de 26 anos por causa de dívida de 40 euros
Assalto com agressão bárbara deixa funcionária na mesa de operações [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS