Ivo Vieira quer «tirar a bola» ao Benfica para ter hipóteses de vencer

O treinador do Vitória de Guimarães, Ivo Vieira, considerou hoje que a sua equipa deve impedir o Benfica de ter bola para discutir e vencer o jogo da 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, no sábado.

Ivo Vieira quer «tirar a bola» ao Benfica para ter hipóteses de vencer

Ivo Vieira quer «tirar a bola» ao Benfica para ter hipóteses de vencer

O treinador do Vitória de Guimarães, Ivo Vieira, considerou hoje que a sua equipa deve impedir o Benfica de ter bola para discutir e vencer o jogo da 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, no sábado.

Os vitorianos, disse o técnico, vão lutar pelos três pontos na receção à turma da Luz, líder do campeonato, com 39 pontos em 42 possíveis – perdeu apenas com o FC Porto (2-0) -, mas, para os alcançarem, vão precisar de manter a “identidade” ofensiva apresentada ao longo da época, sem perderem o equilíbrio dentro de campo.

LEIA DEPOIS

PSP regista um morto e cinco feridos graves na operação Festas Seguras

“Vamos procurar ser o mais equilibrados possível e tirar a bola ao Benfica, porque é uma equipa forte com bola e nas transições. Se quisermos discutir o jogo, teremos de ter muita bola. (…) Ao tirar a bola a equipas com bastante competência a nível ofensivo, poderemos estar mais perto do nosso objetivo”, afirmou, na conferência de antevisão ao encontro marcado para as 20:30, em Guimarães.

Ivo Vieira acrescentou que os vimaranenses, atuais quintos classificados da prova, com 21 pontos, tencionam exibir a postura competitiva apresentada no primeiro duelo com as ‘águias’ nesta época, em Lisboa, para a Taça da Liga (0-0), dando “qualidade ao jogo” e “visando a baliza adversária”.

Desde a época 2011/12, em que venceu os ‘encarnados’ (1-0), o Vitória averbou um empate e seis derrotas perante o mesmo adversário, nos duelos em casa para a I Liga. Apesar de querer alterar essa estatística, o ‘timoneiro’ dos minhotos realçou que as dificuldades esperadas no sábado advêm da “força” do Benfica neste momento.

“As estatísticas valem o que valem. Ficam para trás. Vamos defrontar a equipa mais forte da Liga neste momento. Temos os nossos argumentos e temos o facto de jogar em casa, perante os nossos adeptos, que estarão fervorosos, em luta com a equipa, para conseguirmos um resultado positivo”, disse.

Questionado sobre a eventual subida de rendimento no campeonato após a saída da Liga Europa – os vitorianos foram quartos e últimos no grupo F, com cinco pontos -, Ivo Vieira admitiu que a presença europeia pode ter dificultado a “abordagem de certos jogos” de “uma equipa jovem”, a quem falta “alguma maturidade”, mas lembrou que a I Liga sempre foi o “grande objetivo” da época.

O treinador dos vimaranenses admitiu ainda que o lateral direito Sacko está em “dúvida” para sábado e que o médio André André, ausente da competição desde março de 2019, está ainda indisponível para jogar, apesar de já treinar em pleno com o restante plantel.

Ivo Vieira negou ainda quaisquer receios quanto a possíveis saídas de jogadores no mercado de transferências de janeiro, tendo dito que, a acontecerem, poderão ser “boas para o Vitória, para os atletas e para o treinador que as promoveu”.

O Vitória de Guimarães, quinto classificado da I Liga, com 21 pontos, recebe o Benfica, líder, com 39, em partida da 15.ª jornada, agendada para as 20:30 de sábado, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

LEIA MAIS
Meteorologia: O tempo para sábado, 4 de janeiro

Impala Instagram


RELACIONADOS