Israel deteve mais de 900 menores desde o início do ano

Israel deteve mais de 900 menores desde o início do ano

As autoridades israelitas detiveram desde o início do ano mais de 900 menores palestinianos, indicou hoje a Sociedade de Prisioneiros Palestinianos a propósito da celebração do Dia Internacional dos Direitos das Crianças.

Desde janeiro e até final de outubro foram detidos 908 menores e 270 estão em centros de detenção israelitas, disse a organização palestiniana, que chamou a atenção para as condições das detenções, segundo a agência oficial palestiniana Wafa.

De acordo com a Sociedade de Prisioneiros Palestinianos, há casos de menores detidos a meio da noite nas suas casas ou forçados a confessar e a assinar documentos em hebreu, língua que não compreendem.

A organização assinala ainda que a muitos dos menores detidos são negadas visitas de familiares e atendimento médico.

A Sociedade de Prisioneiros Palestinianos acusa Israel de ter aprovado uma série de leis desde 2015 que permitem deter e processar palestinianos de 14 anos, bem como condenar a penas longas acusados do lançamento de pedras.

PAL // EL

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Israel deteve mais de 900 menores desde o início do ano

As autoridades israelitas detiveram desde o início do ano mais de 900 menores palestinianos, indicou hoje a Sociedade de Prisioneiros Palestinianos a propósito da celebração do Dia Internacional dos Direitos das Crianças.