Irmãs de Valentina com futuro incerto

O processo já estará em tribunal e serão agora os magistrados a determinar o futuro das crianças.

Irmãs de Valentina com futuro incerto

O processo já estará em tribunal e serão agora os magistrados a determinar o futuro das crianças.

As duas meias-irmãs de Valentina têm agora um futuro incerto. De acordo com o Correio da Manhã, as meninas, uma bebé de seis meses e uma criança de 4 anos, foram entregues aos tios de Sandro Bernardo, mas os familiares não terão possibilidades de acolher as crianças.  No entanto, um familiar de Márcia Bernardo que não vive em Portugal, terá entrado em contacto com a CPCJ de Peniche a disponibilizar-se para ficar com as meninas. Neste caso, os pais terão de autorizar que as meninas saiam do país.

LEIA DEPOIS
MP quer retirar filhos ao pai e madrasta de Valentina

Segundo a mesma publicação, o processo já estará em tribunal e serão agora os magistrados a determinar o futuro das crianças.

Caso existam condições, as crianças poderão ficar à guarda de familiares, mas caso isso não seja possível terão de ser encaminhadas para uma instituição, não podendo entrar no sistema de adoção antes do trânsito em julgado. Mesmo que Sandro e Márcia Bernardo sejam condenados e lhes seja aplicada a pena acessória de inibição do poder paternal tal nunca será aplicado antes de o processo ter um fim.

O destino das meninas será diferente do futuro do irmão mais velho, apenas filho de Márcia. O menino está com o pai e com a avó e está também a receber apoio psicológico. O menino poderá constituir-se arguido assistente e requerer uma indemnização por danos morais. O mesmo poderão fazer as meninas através de um tutor.

Valentina foi dada como desaparecida na quinta-feira de manhã, depois de uma denúncia do pai no posto da GNR de Peniche. As buscas contaram com o envolvimento de “mais de 600 elementos ativos, numa área percorrida de sensivelmente quase 4 mil hectares, palmilhada mais do que uma vez em alguns locais”.

Depois de cerca de três dias de buscas, a PJ de Leiria deteve o pai e a madrasta da vítima, cujo corpo foi encontrado numa mata na Serra D’el Rei, no concelho de Peniche, distrito de Leiria, coberto por arbustos.

Texto: Joana Ferreira

LEIA MAIS
Meteorologia: Previsão do tempo para quinta-feira, 14 de maio

 

Pontos de Venda das Nossas Revistas

Impala Instagram


RELACIONADOS