Irmãs assistiram à morte de menino que caiu do 9.º andar

A mulher deixou os três filhos sozinhos em casa e foi comprar pão, deixando o estore fechado, mas o pequeno Rigoberto Mitendo abriu-o.

Irmãs assistiram à morte de menino que caiu do 9.º andar

Irmãs assistiram à morte de menino que caiu do 9.º andar

A mulher deixou os três filhos sozinhos em casa e foi comprar pão, deixando o estore fechado, mas o pequeno Rigoberto Mitendo abriu-o.

As duas irmãs assistiram à queda e morte do menino de 6 anos que caiu do 9.º andar de um prédio na Tapada das Mercês, Sintra, no final da tarde da passada segunda-feira. De acordo com o Correio da Manhã, as crianças estavam sozinhas em casa após a mãe os ter deixado para ir ao supermercado. Ainda segundo a publicação, o caso estava sinalizado pela PSP à Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Sintra.

Dizem os vizinhos, citados pelo CM, que a mãe e o seu companheiro são «estruturados». A mulher deixou os três filhos sozinhos em casa e foi comprar pão, deixando o estore fechado, mas o pequeno Rigoberto Mitendo abriu-o. Ninguém reparou que o menino estava na varanda e acabou por cair. A queda acabou por se revelar fatal. Quando  a mãe voltou das compras já os bombeiros e o INEM estavam a prestar socorro à criança.

Rigoberto, de 6 anos, ainda reagiu às manobras de reanimação, mas morreu no hospital de Santa Maria. As duas irmãs, uma gémea e a outra mais velha com 9 anos, ficaram ao cuidado de um tio enquanto a mãe estava a ser ouvida pela PSP. Depois terão regressado a casa com a mãe que teve de ser assistida por uma equipa de psicólogos do INEM.

LEIA MAIS

Meteorologia: Previsão do tempo para quarta-feira, 30 de setembro

 

Impala Instagram


RELACIONADOS