Irmã de jovem que morreu com sarampo foi internada

Irmã de jovem que morreu com sarampo foi internada

O diretor-geral da Saúde esclareceu que a irmã da jovem que morreu na quarta-feira com sarampo apenas foi internada como medida de precaução e afirmou que “não há motivos para se temer uma situação de epidemia descontrolada”.

Irmã de jovem que morreu com sarampo foi internada por precaução.

Francisco George falava à agência Lusa depois de visitar a jovem no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, onde na quarta-feira morreu a irmã de 17 anos, com sarampo.

“A situação de atividade epidemiológica do sarampo não tem alterações significativas”, disse o diretor-geral da Saúde, referindo que o estado clínico da jovem internada no Hospital Dona Estefânia “não inspira cuidados”.

Medida de precaução especial

A rapariga, irmã mais nova da jovem de 17 anos, “só está internada como medida de precaução especial”, adiantou, referindo que a paciente está a ser submetida a exames.

De acordo com fonte do Hospital Dona Estefânia, só na segunda-feira é que serão conhecidos os resultados dos exames que irão determinar se a jovem está infetada com o vírus do sarampo.

Segundo Francisco George, mantêm-se os 21 casos de sarampo diagnosticados em Portugal, encontrando-se 15 ainda em investigação.

 

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS

Irmã de jovem que morreu com sarampo foi internada

O diretor-geral da Saúde esclareceu que a irmã da jovem que morreu na quarta-feira com sarampo apenas foi internada como medida de precaução e afirmou que “não há motivos para se temer uma situação de epidemia descontrolada”.