Inspetor da polícia moçambicana mata mulher à pancada por motivos passionais

Um inspetor da polícia matou a mulher à pancada no distrito de Dondo, em Sofala, centro de Moçambique, por razões passionais, disse hoje à Lusa o porta-voz da corporação naquela província, Dércio Chacate.

Inspetor da polícia moçambicana mata mulher à pancada por motivos passionais

Um inspetor da polícia matou a mulher à pancada no distrito de Dondo, em Sofala, centro de Moçambique, por razões passionais, disse hoje à Lusa o porta-voz da corporação naquela província, Dércio Chacate.

Dércio Chacate avançou que o homicídio aconteceu no domingo e o inspetor encontra-se detido no comando distrital de Dondo.

“Este casal vivia em constante clima de brigas ocasionado por alguma infidelidade conjunta, portanto, foi por motivos passionais”, acrescentou Chacate.

O alegado autor do crime é agora alvo de um processo-crime e de um processo judicial, para responder pelos seus atos.

“Foi possível aferir que estes ferimentos foram motivo suficiente para ocasionar este resultado [morte]”, com a perícia ao corpo da vítima, sustentou o porta-voz da polícia em Sofala.

O suspeito estava afeto ao regimento da Polícia Costeira, Lacustre e Fluvial.

JYJE // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS