Incêndios: Ministro da Administração Interna acompanha fogo em Sintra-Cascais

Incêndios: Ministro da Administração Interna acompanha fogo em Sintra-Cascais

Incêndios: O ministro da Administração Interna está a acompanhar o fogo que deflagrou no sábado à noite na zona da Peninha, na serra de Sintra, e que evoluiu para Cascais, onde foram retirados de casa algumas pessoas de habitações isoladas. Segundo disse à Lusa fonte oficial do Ministério da Administração Interna, Eduardo Cabrita «está em […]

Incêndios: O ministro da Administração Interna está a acompanhar o fogo que deflagrou no sábado à noite na zona da Peninha, na serra de Sintra, e que evoluiu para Cascais, onde foram retirados de casa algumas pessoas de habitações isoladas. Segundo disse à Lusa fonte oficial do Ministério da Administração Interna, Eduardo Cabrita «está em contacto permanente com o comandante nacional» da Autoridade Nacional de Proteção Civil e «falou com o presidente da Câmara de Sintra».

LEIA MAIS: Mulher depila-se com lâmina em piscina pública [vídeo]

O ministro também «já falou com o presidente da Câmara de Cascais» e o comandante nacional está a acompanhar a situação na sede da ANPC, em Carnaxide, enquanto as operações no terreno estão a cargo do comandante distrital. Uma fonte oficial da Câmara de Cascais confirmou à Lusa que foram evacuadas algumas habitações isoladas, na zona da Figueira do Guincho, mas apenas como medida de precaução.

Incêndios: retiradas para a Malveira da Serra «cerca de 40 pessoas» de habitações de  Cascais

Segundo fonte da Polícia Municipal de Sintra, foram retiradas para a zona da Malveira da Serra «cerca de 40 pessoas» de algumas habitações de localidades do concelho de Cascais, nomeadamente de Figueira do Guincho, Almoinhas Velhas e Biscaia. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, deslocou-se aos Paços do Concelho de Sintra cerca das 00h45 para acompanhar, juntamente com o presidente da autarquia, Basílio Horta (PS), a evolução do incêndio que lavra desde sábado à noite na zona da Peninha, em pleno Parque Natural Sintra-Cascais.

LEIA MAIS: Pai pendura filha para torturá-la em frente aos vizinhos [vídeo]

O chefe de Estado deixou a câmara cerca de meia hora depois e mantém-se em contacto com o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras (PSD), uma vez que as chamas evoluíram para a zona da Biscaia. A principal dificuldade no combate às chamas devia-se ao vento forte e, cerca das 02:53, a Autoridade Nacional de Proteção Civil registava 540 operacionais, apoiados por 161 viaturas. A zona do convento da Peninha situa-se no perímetro do Parque Natural de Sintra-Cascais, numa área muito exposta aos ventos marítimos.

LEIA MAIS: Letizia apanhada a coçar as partes íntimas em público [vídeo]


RELACIONADOS

Incêndios: Ministro da Administração Interna acompanha fogo em Sintra-Cascais

Incêndios: O ministro da Administração Interna está a acompanhar o fogo que deflagrou no sábado à noite na zona da Peninha, na serra de Sintra, e que evoluiu para Cascais, onde foram retirados de casa algumas pessoas de habitações isoladas. Segundo disse à Lusa fonte oficial do Ministério da Administração Interna, Eduardo Cabrita «está em […]