Incêndios em Monchique já queimou 1.000 hectares

Incêndios em Monchique já queimou 1.000 hectares

O incêndio que deflagrou há cerca de 24 horas em Monchique, Algarve, já consumiu uma área de cerca de 1.000 hectares.

Monchique, Faro, 04 ago (Lusa) — O incêndio que deflagrou há cerca de 24 horas em Monchique, Algarve, já consumiu uma área de cerca de 1.000 hectares, sendo que 20% da área está inacessível a meios terrestres, disse fonte do Comando Operacional.

O comandante distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, Vaz Pinto, disse que o incêndio obrigou a deslocar, de madrugada e “por precaução”, cerca de 25 pessoas da povoação de Foz do Carvalhoso e que o combate ao fogo está a ser feito apenas com recurso a meios aéreos e máquinas de rasto nessa zona, mas sem haver até agora mais povoações em perigo.

“Neste momento, temos duas frentes ativas, uma frente que corresponde a 50% do total do perímetro do incêndio, que está dominada, que é a frente norte-este, em trabalhos de consolidação e vigilância ativa, e a outra frente que está ativa é a sul-leste que lavra em direção a Monchique”, afirmou o comandante distrital.

Vaz Pinto precisou que 20% de uma das frentes ativas está a lavrar “numa zona inacessível a meios terrestres” e “está a ser combatida com meios aéreos, combinados com máquinas de rasto para permitir, na medida do possível e em segurança, projetar meios terrestres de combate”.

“Estamos, portanto, a retardar esta progressão. Os restantes 30% encontram-se a lavrar com bastante intensidade, apesar de estar a ceder aos meios”, acrescentou, frisando que, até ao início da tarde, as condições meteorológicas podem ficar mais adversas por causa do aumento da intensidade do vento e a falta de humidade.

MHC // PMC

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS