Incêndios: Bruxelas mobiliza dois aviões para o norte e ativa mapas de satélite

A Comissão Europeia anunciou hoje ter mobilizado dois aviões Canadair para o combate aos fogos florestais no norte de Portugal, a pedido do país, tendo ainda ativado o sistema de mapas de satélite para apurar a área ardida.

Incêndios: Bruxelas mobiliza dois aviões para o norte e ativa mapas de satélite

Incêndios: Bruxelas mobiliza dois aviões para o norte e ativa mapas de satélite

A Comissão Europeia anunciou hoje ter mobilizado dois aviões Canadair para o combate aos fogos florestais no norte de Portugal, a pedido do país, tendo ainda ativado o sistema de mapas de satélite para apurar a área ardida.

“A Comissão Europeia mobilizou dois aviões de combate a incêndios para apoiar Portugal com a emergência de incêndios florestais em curso. Na sequência do pedido de assistência do país, o Mecanismo de Proteção Civil da UE facilitou o pré-posicionamento imediato e o destacamento de dois Canadairs da Grécia, que operam atualmente nos distritos mais afetados no norte de Portugal”, indica o executivo comunitário em comunicado.

Dias depois de o Governo português ter indicado que a Grécia iria enviar dois aviões pesados anfíbios para Portugal, Bruxelas garante que “o Centro de Coordenação de Resposta a Emergências da UE está em estreito contacto com as autoridades portuguesas para apoiar a coordenação das operações de combate a incêndios na área e mobilizar mais assistência em caso de necessidade”.

“Além disso, o serviço de satélite Copernicus da UE foi ativado para recolher dados vitais […] sobre as áreas queimadas”, acrescenta a instituição.

Criado em 2001 pela Comissão Europeia, o Mecanismo de Proteção Civil da UE visa ajudar os Estados-membros e os países terceiros a dar resposta a emergências, como catástrofes naturais, crises sanitárias ou conflitos.

Para ser ativado, os Estados-membros têm de o solicitar a Bruxelas.

Já o Copernicus é frequentemente ativado para monitorizar incêndios em toda a Europa, podendo fornecer mapas detalhados das áreas afetadas para, por exemplo, realizar uma estimativa da extensão do incêndio ou das áreas ardidas, dependendo do produto cartográfico.

Citado pela nota hoje publicada, o comissário europeu da Gestão de Crises, Janez Lenarcic, aponta que, “como os incêndios florestais continuam a ameaçar pessoas e recursos em todo o nosso continente, é necessário [a Comissão Europeia] estar alerta e disponível a enviar assistência o mais rapidamente possível no combate aos incêndios”.

“Estamos solidários com Portugal face a esta emergência e mobilizámos aviões da Grécia que estão a pôr em ação a solidariedade europeia”, adianta Janez Lenarcic.

No sábado, o Governo português anunciou que a Grécia tinha disponibilizado dois aviões pesados anfíbios para apoiarem no combate aos incêndios em Portugal na sequência do pedido de apoio ao Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia.

Em comunicado divulgado na ocasião, o Ministério da Administração Interna indicou que os dois aparelhos, dois Canadair seriam “de imediato integrados no dispositivo” de combate a incêndios.

ANE (JCR) // ZO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS