Homem viola menor que conheceu e seduziu nas redes sociais

Operário de 28 anos conheceu menina de 11 anos nas redes sociais e abusou dela pelo menos três vezes. Fotos e vídeos de cariz sexual no telemóvel do predador indicam mais vítimas.

Homem viola menor que conheceu e seduziu nas redes sociais

Homem viola menor que conheceu e seduziu nas redes sociais

Operário de 28 anos conheceu menina de 11 anos nas redes sociais e abusou dela pelo menos três vezes. Fotos e vídeos de cariz sexual no telemóvel do predador indicam mais vítimas.

Um homem de 28 anos, operário de profissão, conheceu e seduziu uma menor de 11 anos através das redes sociais. O predador sexual disse estar apaixonado pela criança, levando-a a enviar fotografias de cariz sexual.

Tudo teve início quando a namorada saiu de casa no início de 2020 após ter sido agredida pelo então companheiro. Em causa esteve a desconfiança da mulher com o seu constante uso das redes sociais.

A viver sozinho, o pedófilo ficou com ‘caminho livre’ e seduziu uma menina de 11 anos, fazendo-a crer que estava apaixonado por ela. Convenceu-a a enviar fotos de caráter sexual e violou-a nos três encontros que teve com ela.

As investigações começaram após a psicóloga da criança ter feito uma denúncia na Polícia Judiciária. Mais tarde, também a mãe da menor apresentou queixa. A progenitora começou a estranhar a mudança de rotinas da filha e, após várias tentativas, conseguiu que a filha contasse sobre os crimes de que estava a ser alvo e as circunstâncias dos mesmos. Quando começaram a investigar a rotina do suspeito, os inspetores perceberam a necessidade de realizar, com a maior urgência possível, buscas domiciliárias à residência do homem.

Na passada quinta-feira, 14 de janeiro, foram feitas buscas à residência do homem e foram apreendidos três telemóveis. Neles, o predador sexual guardava dezenas de fotografias e vídeos, todos de conteúdo sexual. Além de terem conseguido prova para indiciar o criminoso dos abusos contra a menor de 11 anos, os investigadores encontraram registos fotográficos de outras duas meninas.

Tal como escreve o Correio da Manhã, a investigação continua para tentar localizar e interrogar as outras potenciais vítimas do operário que, entretanto, já está no Estabelecimento Prisional de Leiria, em prisão preventiva.

Além deste processo, o homem de 28 anos é também arguido num processo de violência doméstica contra a ex-namorada.

LEIA MAIS
Homem de 65 anos morre colhido por comboio na Moita

 

Impala Instagram


RELACIONADOS