Homem morre depois de ser picado por vespa em Guimarães

Um homem de 32 anos morreu, sábado à noite, depois de ter sido picado por uma vespa, na freguesia de Infantas, concelho de Guimarães. Terá feito uma reação alérgica.

Homem morre depois de ser picado por vespa em Guimarães

Homem morre depois de ser picado por vespa em Guimarães

Um homem de 32 anos morreu, sábado à noite, depois de ter sido picado por uma vespa, na freguesia de Infantas, concelho de Guimarães. Terá feito uma reação alérgica.

Um homem de 32 anos morreu, sábado à noite, depois de ter sido picado por uma vespa, na freguesia de Infantas, concelho de Guimarães, afirmou este domingo à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Guimarães. O alerta terá sido dado às 21.40 horas e a corporação mobilizou uma ambulância com dois elementos para o local. Ao que tudo indica, a vítima terá feito uma reação alérgica e entrado em paragem cardiorrespiratória. A assistência foi feita pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Famalicão e pela equipa da ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Fafe.

Apesar de existirem ninhos de vespa velutina (asiática) na imediações da casa onde o homem vivia, a vespa que o picou, recolhida pelos Bombeiros Voluntários de Guimarães, parece ser uma vespa crabro, comum em Portugal. O corpo da vítima foi transportado perto da meia-noite para o Instituto de Medicina Legal do Hospital de Guimarães, onde vai ser autopsiado amanhã, segunda-feira, 16 de setembro, para se determinar a causa da morte. O homem deixa três filhos menores, entre os dois e os 12 anos.

LEIA MAIS
Jovem de 22 anos esfaqueado ao defender namorada em Santa Maria da Feira
Previsão do tempo para segunda-feira, 16 de setembro

Impala Instagram


RELACIONADOS