Homem arranja forma estranha para salvar a vida de criança com cancro

Um filantropo está a amealhar dinheiro para uma jovem com cancro para tentar receber tratamento na Escócia, enquanto carregava um micro-ondas.

Homem arranja forma estranha para salvar a vida de criança com cancro

Um filantropo está a amealhar dinheiro para uma jovem com cancro para tentar receber tratamento na Escócia, enquanto carregava um micro-ondas.

.Diarmuid McCleary está a enfrentar o clima rigoroso típico do outono nesta altura, na Irlanda, apenas com uma mochila e um microondas na tentativa de recolher 2000€ para salvar a vida de uma jovem de 14 anos com cancro. Robyn Smyth, natural de Dublin, tinha apenas três anos de idade quando foi diagnosticada com neuroblastoma – um cancro raro que se desenvolve nos tecidos nervosos.

LEIA MAIS: Cancro vai matar cerca de 10 milhões de pessoas este ano

A melhor chance de Robyn sobreviver foi participar num tratamento experimental no Helen Devos Children’s Hospital, em Michigan, nos Estados Unidos. Depois de ver melhorias na sua saúde, a família espera agora fazer outro teste no Sloan Kettering Cancer Center, em Nova York.

Diarmuid, de 26 anos, correu em socorro da família, viajando de Belfast para as localidades irlandesas Cairnryan, Dumfries e Galloway na segunda-feira para começar o grande evento de arrecadação de fundos. O gerente de eventos, do condado de Monaghan, na Irlanda, espera alcançar John o ‘Groats nas costas da generosidade das pessoas. Foi-lhe oferecida uma travessia livre sobre o Canal do Norte na segunda-feira, Diarmuid conseguiu um autocarro gratuito para Ayr, South Ayrshire, onde foi acolhido por uma família generosa.

No passado mês de abril, Diarmuid viajou à boleia pelos 32 condados da Irlanda em 12 dias com um micro-ondas, levantando 3 mil euros para o Jigsaw – centro nacional da Irlanda para a saúde mental dos jovens.

Para ajudar a criança com cancro, saiba no final do artigo como fazer

“Estou a recolher fundos para uma menina com cancro e gostaria de contribuir com alguns milhares para a causa. Eu conheci muitas pessoas boas, embora alguns tenham me olhado como se eu estivesse chateado. Eu andei de um lado de Glasgow para o outro e este é apenas o meu segundo dia. O meu telemóvel partiu-se e estava a precisar de Internet. Eu passei por algumas várias lojas e numa delas, o empregado deu-me dinheiro para comprar um nome. Eu quase chorei com a sua generosidade. Isso mostra que as pessoas são boas”, relatou Diarmuid McCleary ao jornal britânico Metro.

“As pessoas mostram estar cépticas quando vêem um homem com um colete fluorescente e um microondas na mão. Mas eu faço coisas loucas de caridade como esta há já algum tempo.” Diarmuid, que já trabalhou para o Sindicato de Estudantes do Instituto de Tecnologia de Dublin, costumava ajudar a fornecer microondas aos alunos. O fundraiser para a jovem Robyn pode ser encontrado no GoFundMe.

LEIA MAIS: Aula de condução acaba com automóvel dentro da piscina

Impala Instagram


RELACIONADOS