Homem mata portuguesa à frente dos filhos com x-ato por causa de jogo de PlayStation

Emigrante portuguesa em França foi assassinada pelo companheiro à frente dos dois filhos menores do casal. Jogo de PlayStation terá sido a origem da discussão.

Homem mata portuguesa à frente dos filhos com x-ato por causa de jogo de PlayStation

Homem mata portuguesa à frente dos filhos com x-ato por causa de jogo de PlayStation

Emigrante portuguesa em França foi assassinada pelo companheiro à frente dos dois filhos menores do casal. Jogo de PlayStation terá sido a origem da discussão.

Daniela Santos, emigrante portuguesa radicada em França, foi esfaqueada até à morte em frente aos dois filhos menores. O crime chocante aconteceu em Meudon, no sudoeste de Paris, no dia 1 de novembro. O autor do crime é o companheiro da portuguesa que, de acordo com informações avançadas pelo Correio da Manhã, já confessou o crime às autoridades francesas. Segundo a mesma publicação, o motivo da discussão que acabou em tragédia foi um jogo de PlayStation.

Governo lança campanha contra a violência doméstica
O Governo apresenta hoje uma nova campanha contra a violência doméstica, que este ano já matou 19 pessoas, defendendo que “Enquanto houver uma mulher vítima de violência doméstica não vai ficar tudo bem” e lembrando o impacto nas vítimas (… continue a ler aqui)

A portuguesa, de 35 anos e natural de Sandim, Vila Nova de Gaia, foi agredida até à morte pelo companheiro, um homem de 53 anos e de nacionalidade cabo-verdiana. O autor do crime terá saído de casa com as mãos cheias de sangue e a gritar que tinha assassinado a namorada. Relatos oriundos de França dão conta que foram os vizinhos a chamar as autoridades e a acolher os dois filhos do casal, de 10 e 17 anos, que terão assistido a tudo.

Filhos menores terão assistido ao assassinato da mãe

A vítima foi encontrada em paragem cardiorrespiratória e transportada ao hospital Georges-Pompidou, acabando por não resistir aos graves ferimentos. O autor do crime ainda abandonou o local do crime, tendo sido detido pouco tempo depois, nas imediações do apartamento do casal. Tinha na sua posse o x-ato utilizado para cometer o crime.

Foto: Reprodução Facebook

Impala Instagram


RELACIONADOS