Homem entrega-se à polícia para não estar em casa com a mulher

Segunda metade da pena seria cumprida em casa.

Homem entrega-se à polícia para não estar em casa com a mulher

Homem entrega-se à polícia para não estar em casa com a mulher

Segunda metade da pena seria cumprida em casa.

Homem italiano, de 49 anos, estava em prisão domiciliária, mas entregou-se às autoridades por estar farto de tarefas domésticas e discussões com a mulher. Detido encontra-se agora a cumprir sentença numa instituição social.

LEIA DEPOIS
Aluno leva arma para a escola por ser vítima de bullying

Para o homem era melhor voltar para a prisão do que estar em casa com a sua mulher. O caso aconteceu em Roma, sendo que o homem tinha cumprido metade da sua pena de prisão por tráfico de droga. A segunda metade seria feita em prisão domiciliária. No entanto, a vida familiar transformou-se num pesadelo com tarefas domésticas, discussões e repreensões por parte da sua mulher.

«Tudo o que acontece de mal em casa, é culpa minha»

O homem fugiu de casa e dirigiu-se à esquadra, onde pediu que o deixassem voltar para a prisão. «É melhor ir para a prisão do que ficar em casa com a minha mulher», terá dito o italiano à polícia, aponta o La Repubblica. «Em casa faço tudo: lavo, passo a ferro, e tudo o que acontece de mal em casa é sempre culpa minha.»

Segundo o jornal italiano, a polícia voltou a prender o homem não porque ele pediu, mas porque fugiu de casa. O juiz mais tarde decidiu que não o iria castigar «pela particularidade do caso», tendo optado por deslocar o homem para uma instituição social onde este irá cumprir o resto da sentença.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para este sábado, 5 de outubro

Impala Instagram


RELACIONADOS