Acorda do coma e descobre que tem um bebé de seis meses

Um homem entrou em coma sem saber que a mulher estava grávida. Após seis meses, acordou e descobriu que tinha era pai de um filho.

Acorda do coma e descobre que tem um bebé de seis meses

Um homem entrou em coma sem saber que a mulher estava grávida. Após seis meses, acordou e descobriu que tinha era pai de um filho.

Joseph Cullen, de 29 anos, caiu na banheira depois de ter dito à mulher que se sentia mal e com febre. Nos dias anteriores à queda, o homem queixou-se de cansaço e de dores de cabeça, mas acreditava que se tratava de um quadro gripal. Contudo, perdeu a consciência e entrou em coma, situação que se manteve durante pouco mais de seis meses. A equipa médica descobriu que o jovem tinha encefalite autoimune e informou a família de que Joseph dificilmente acordaria. Era a esta situação em março de 2018, altura em que Billie, a mulher de Joseph, estava no início da gravidez que ainda desconhecia.

«Sentava-me e dizia-lhe que tinha de acordar porque o nosso filho precisava do pai», conta a mulher do homem

LEIA DEPOIS
Leonardo DiCaprio alerta para o fim do mundo tal como o conhecemos [vídeo]

O quadro clínico de Joseph Cullen não melhorou. O seu sistema imunológico atacou o cérebro e o homem perdeu a capacidade de falar e de andar, permanecendo em coma. Billie recusou desligar as máquinas que mantinham o marido vivo e foi-lhe falando do bebé que estava «a crescer» na sua barriga. «Sentava-me na cama dele e dizia-lhe que tinha de acordar porque o nosso filho precisava do pai. Mesmo com os médicos convencidos de que jamais o faria, nunca perdi a esperança», recorda a mulher. Aos quatro meses de gravidez, numa visita ao marido, Joseph reagiu às palavras da mulher com um «sorriso leve». Nos dias seguintes, foi mostrando mais sinais de recuperação. Até que, depois de seis meses em coma, acordou.

Notícia de que voltaria a ser pai deu-lhe «forças para recuperar»

«Estava aturdido e incrédulo por saber o meu quadro clínico e por saber que ia ser pai outra vez. Acho que foi essa notícia que me deu forças para recuperar», conta Joseph. Na reta final da gravidez da mulher e já consciente, apesar de ainda ligado a máquinas de suporte de vida, o homem pôde acompanhar a gestação. O hospital de Sheffield, em Inglaterra, organizou o quarto de forma a que o paciente pudesse ver as ecografias. Atualmente, ainda está em recuperação. Não consegue mexer as pernas, mas já recuperou alguns movimentos e já é capaz de segurar o filho bebé nos braços.

LEIA MAIS
Comprimido que promete devolver a virgindade à venda por 129 euros em site chinês
Amesterdão quer acabar com o espetáculo da prostituição em vitrinas
Usa o filho como arma de arremesso contra sócio de equipa rival [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS