Homem agride mulheres transexuais ao soco [vídeo]

Duas transexuais foram agredidas pelo mesmo homem numa rua de São Paulo. Priscyla Rodrigues acabou mesmo por perder um dente após ter levado dois socos.

Homem agride mulheres transexuais ao soco [vídeo]

Duas transexuais foram agredidas pelo mesmo homem numa rua de São Paulo. Priscyla Rodrigues acabou mesmo por perder um dente após ter levado dois socos.

Um homem foi filmado a agredir mulheres transexuais ao soco em São Paulo. As vítimas que aparecem nas imagens são prostitutas – no Brasil a prostituição não é crime – que trabalham na Zona Sul daquela cidade. Acusam o agressor – que é um morador do bairro – de transfobia. Uma das mulheres ficou sem um dente e ficou com vários hematomas, detalhou a polícia. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a Polícia Civil encontra-se a investigar o caso como ofensa à integridade física. Ainda segundo a mesma nota, serão analisados os registos em vídeo para tentar identificar o agressor.

“Chama a polícia, amiga…”, grita Priscyla Rodrigues, de 26 anos, num dos vídeos enquanto tenta fugir do homem. Nas imagens, é possível ver  o momento em que a mulher é atingida com dois murros na cara. A violência da agressão fez com que batesse com a cabeça num portão e é então que o vídeo termina. Priscyla diz que foi uma amiga – também transexual e prostituta – que gravou o vídeo das agressões, que aconteceram na manhã da passada quinta-feira, 9 de junho. “Nesta quinta-feira fui agredida por um homem. Agrediu-me se motivo”, disse em entrevista ao g1.

Isabella Azevedo também foi agredida pelo mesmo homem

Outra mulher que também trabalha na prostituição na mesma zona revela que também foi agredida pelo mesmo homem. “Veio mandar-me sair do local onde eu estava e começou um discussão. Atirou-me água gelada três vezes… fora a agressão verbal”, disse Isabella Azevedo ao mesmo site. A jovem, de 20 anos, contou ainda que chamou a Polícia Militar, que se deslocou ao local, mas desencorajaram-na a apresentar queixa. “Chamei a polícia e disseram-me que o vídeo não mostrava nenhuma agressão, então não adiantava ir à esquadra”, disse.

Mulher transexual executada com 11 tiros em bar no Brasil
Uma mulher transexual de 32 anos foi morta a tiro na madrugada de hoje num bar em Caeté, na região de Belo Horizonte, noticia a comunicação social brasileira. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS