Homem acusado de mil crimes de incesto e abuso sexual de menor

Robert Cota responde por 600 acusações de agressão sexual e outras 600 por incesto contra uma menor com idade entre os 12 e os 18 anos.

Homem acusado de mil crimes de incesto e abuso sexual de menor

Homem acusado de mil crimes de incesto e abuso sexual de menor

Robert Cota responde por 600 acusações de agressão sexual e outras 600 por incesto contra uma menor com idade entre os 12 e os 18 anos.

Robert Cota, de 31 anos, foi acusado de 1.200 crimes de abuso sexual e incesto envolvendo uma menor. O norte-americano responde por 600 acusações de agressão sexual e outras 600 por incesto contra uma menor com idade entre os 12 e os 18 anos. Os abusos terão ocorrido ao longo dos últimos seis anos. Robert foi denunciado à polícia por um pastor local, após o agressor o ter abordado no passado domingo e dito que “tinha problemas com uma das crenças” que constam no livro de diretrizes da igreja. De seguida apontou diretamente para a palavra “incesto”.

Apontou arma à cabeça da criança

De acordo com o relatório de detenção, a vítima revelou às autoridades que desde os sete anos tem encontros sexuais com o homem. A menina explicou que Robert lhe disse que os atos sexuais eram uma forma de demonstrar afeto. Foi em setembro de 2020 que a mãe do predador o confrontou sobre a relação que mantinha com a criança. De imediato, o homem pegou numa arma e apontou-a várias vezes à menor. Acabou por ser detido por ofensas à integridade física qualificada e violência doméstica. Foi a partir desse momento que as autoridades deram início à investigação relacionada com as acusações de abuso sexual e incesto.

De acordo com as autoridades, no momento em que os agentes detiveram Robert Cota, o predador terá dito que não estava surpreendido com as acusações que pendiam sobre si. Encontra-se detido na Prisão do Condado de Escambia, com fiança fixada em três milhões de dólares (2.65 milhões de euros).

LEIA AINDA
‘Monstro das Caldas’ condenado por 629 abusos tem pena anulada

Impala Instagram


RELACIONADOS