Homem abusa de enteada adolescente ao longo de 3 anos

Um homem de 38 anos foi detido por fortes indícios de abuso sexual cometido sobre a enteada, na altura com 13 anos.

Homem abusa de enteada adolescente ao longo de 3 anos

Homem abusa de enteada adolescente ao longo de 3 anos

Um homem de 38 anos foi detido por fortes indícios de abuso sexual cometido sobre a enteada, na altura com 13 anos.

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, procedeu à detenção de um homem de 38 anos, por fortes indícios da prática de inúmeros crimes de abuso sexual de crianças e de abuso sexual de menores dependentes ou em situação particularmente vulnerável, todos na sua forma agravada. Os factos foram cometidos sobre a enteada, atualmente com 16 anos, e duraram desde 2019 até agosto de 2022.

O crime ocorreu no interior da residência de família, tendo o autor aproveitado a proximidade, a relação de confiança e a dependência que a menor tinha para com ele para a submeter, ao longo dos tempos, a atos sexuais cada vez mais intrusivos. O detido, que já havia cumprido penas de prisão efetiva por outros crimes, foi presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, sendo-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Homem de 71 anos abusa de familiar de 9 anos

Em Torres Vedras, um septuagenário foi detido por fortes indícios da prática de vários crimes de abuso sexual de crianças, na sua forma agravada. Os factos foram cometidos desde fins de 2021 a junho de 2022, quando o autor, familiar da vítima, agora com nove anos, aproveitou alturas em que aquela se deslocava a sua casa para a molestar. O abusador, de 71 anos, aproveitando a relação de confiança, de proximidade e de dependência familiar que a criança mantinha para consigo, conseguiu que a mesma nada revelasse aos pais. Presente a primeiro interrogatório judicial de arguido detido, no Tribunal de Instrução Criminal de Torres Vedras, o mesmo viu ser-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Jovem de 20 anos morre após ser agredida pelo pai por culpa de fogão sujo
Michelle Macena morreu após sofrer um traumatismo craniano provocado por um murro dado pelo pai. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS