Holanda deixa de se chamar Holanda

O Governo investiu cerca de 200 mil euros na alteração do nome e acredita que esta mudança permitirá tornar o país mais inclusivo.

Holanda deixa de se chamar Holanda

Holanda deixa de se chamar Holanda

O Governo investiu cerca de 200 mil euros na alteração do nome e acredita que esta mudança permitirá tornar o país mais inclusivo.

Ano novo, novo nome. A Holanda vai deixar de se chamar Holanda. Desde esta quarta-feira, 1 de janeiro, que o país passou a ser designado oficialmente por Países Baixos.

LEIA DEPOIS

Meteorologia: O tempo para sexta-feira, 3 de janeiro

Governo pretende tornar o país mais inclusivo

O Governo investiu cerca de 200 mil euros na alteração do nome e acredita que esta mudança permitirá tornar o país mais inclusivo. Isto porque Holanda representa apenas duas das 12 províncias do país. «É um bocado estranho promover apenas uma pequena parte dos Países Baixos, ou seja, a Holanda», refere um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, citado pelo The Sydney Morning Herald.

Medida faz parte de uma campanha para renovar estratégia turística do país

As empresas, embaixadas, universidades e ministérios terão que se referir ao país como Países Baixos e o logótipo internacional usado por agências turísticas – uma tulipa com a palavra «Holland» (Holanda, em inglês) – será igualmente alterado. Vai passar a ter os seguintes símbolos: a abreviatura NL (Países Baixos, em inglês), uma tulipa laranja e a palavra «Netherlands».

Novo logótipo

Esta medida pertence ainda a uma campanha que visa renovar a estratégia turística do país, muitas vezes associada ao consumo de marijuana ou ao «red light district», o famoso bairro de prostituição, situado em Amesterdão.

LEIA MAIS

Comerciantes de Lisboa têm três meses para deixarem de servir copos descartáveis na rua

Texto: Jéssica dos Santos

Impala Instagram


RELACIONADOS