Herdade da Torre Bela continua sem ser ouvida pelas autoridades após matança

Proprietária da Herdade Torre Bela, a Sociedade Agrícola da Quinta do Convento da Visitação não foi ainda notificada para prestar declarações” após a matança de finais do ano 2020.

Herdade da Torre Bela continua sem ser ouvida pelas autoridades após matança

Herdade da Torre Bela continua sem ser ouvida pelas autoridades após matança

Proprietária da Herdade Torre Bela, a Sociedade Agrícola da Quinta do Convento da Visitação não foi ainda notificada para prestar declarações” após a matança de finais do ano 2020.

Fonte dos proprietários da herdade da Torre Bela – A Sociedade Agrícola da Quinta do Convento da Visitação (SAQCV) – assegura que não foram, “até ao momento”, chamados “para prestar declarações” às autoridades desde a matança de 540 animais de grande porte, em dezembro de 2020. “A SAQCV aguarda as conclusões dos inquéritos” que continuam a decorrer, quatro meses depois de o caso ter sido denunciado.

Caça suspensa na Torre Bela apesar de continuar a ouvir-se tiros “quase todos os fins de semana

A mesma fonte ligada à Torre Bela prevê – noticiava a edição impressa do JN neste sábado – que a atividade cinegética continue “suspensa” na zona de caça Azambuja, embora, de acordo com reportagem da SIC, continuem a ouvir-se tiros no interior da herdade, “quase todos os fins de semana”. O inquérito instaurado pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas concluiu ter havido “abate de um excessivo número de exemplares de espécies cinegéticas, associado a fortes indícios de gestão não sustentável da exploração do efetivo de caça”.

Proprietários apresentam queixa-crime contra promotores da caçada

O inquérito, remetido para o Ministério Público, não surtiu, até gora, mais nenhuma diligência. A SAQCV apresentou queixa-crime contra Mariano Morales, da promotora da caçada Monteros de la Cabra, e contra desconhecidos – ou seja, os caçadores espanhóis que participaram na montaria e que apenas tinham autorização para abater 65 javalis e 40 veados ou gamos.

LEIA AGORA
Bebé de 2 anos cai da janela enquanto mãe estende lençóis em Loures
Bebé de 2 anos cai da janela enquanto mãe estende lençóis em Loures
Bebé de 2 anos cai de segundo andar, em Loures, e a mãe, de 22 anos, desmaiou quando se apercebeu do sucedido. “Caiu de barriga”, testemunha vizinha. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS