GNR prende oito pessoas por tráfico de droga no distrito do Porto

Oito pessoas foram detidas pela GNR de Penafiel por suspeitas de tráfico de droga, após uma investigação que durou ano e meio e que permitiu desmantelar uma rede que operava no distrito do Porto.

GNR prende oito pessoas por tráfico de droga no distrito do Porto

GNR prende oito pessoas por tráfico de droga no distrito do Porto

Oito pessoas foram detidas pela GNR de Penafiel por suspeitas de tráfico de droga, após uma investigação que durou ano e meio e que permitiu desmantelar uma rede que operava no distrito do Porto.

Oito pessoas foram detidas pela GNR de Penafiel por suspeitas de tráfico de droga, após uma investigação que durou ano e meio e que permitiu desmantelar uma rede que operava no distrito do Porto. Em comunicado, a GNR explica que durante esta ação foram realizadas 11 buscas domiciliárias e 11 buscas em veículos, que resultaram na apreensão de 4184 doses de haxixe, 443 doses de cocaína e 332 de liamba.

Foram ainda apreendidos 15 telemóveis, oito veículos, cinco computadores portáteis, três facas de corte, três PlayStation e 19.000 euros em numerário. Na sequência de uma investigação que durou um ano e meio, a GNR começou a investigar um suspeito que fornecia droga a vários consumidores nas localidades de Penafiel, Lousada, Paredes, Vila Meã e Alpendorada.

LEIA DEPOIS
Venezuela: Guaidó denuncia desaparecimento de tio após regresso ao país

“A droga era vendida junto de vários estabelecimentos de ensino”

Segundo a GNR, o suspeito pertencia a uma rede de tráfico de estupefacientes, o que levou as autoridades à identificação e detenção de oito homens, que não exercem qualquer atividade profissional, fazendo modo de vida com este tipo de crime.

“A droga era vendida junto de vários estabelecimentos de ensino e de alguns apeadeiros de estações ferroviárias, que causavam elevado alarme social devido à grande concentração de toxicodependentes naqueles locais que procediam à compra do referido produto”, acrescenta o comunicado.

Os detidos, três dos quais com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, serão presentes hoje a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Judicial de Marco de Canaveses, para aplicação das medidas de coação.

LEIA MAIS
Meteorologia: Previsão do tempo para esta quarta-feira, 12 de fevereiro
Coronavírus: Mortos na China continental aumentam para 1.113

Impala Instagram


RELACIONADOS