GNR de Faro resgata raposa ferida em armadilha de caça ilegal

Depois de resgatar a raposa, a GNR entregou o caso ao DIAP de Faro, que vai investigar o caso da raposa ferida em armadilha, “meio de caça não permitido”.

GNR de Faro resgata raposa ferida em armadilha de caça ilegal

GNR de Faro resgata raposa ferida em armadilha de caça ilegal

Depois de resgatar a raposa, a GNR entregou o caso ao DIAP de Faro, que vai investigar o caso da raposa ferida em armadilha, “meio de caça não permitido”.

O Comando Territorial de Faro, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA), resgatou uma raposa, na freguesia de Santa Bárbara de Nexe, no concelho de Faro. “Na sequência de um alerta de um popular a informar que se encontrava uma raposa ferida com uma armadilha presa num membro, os elementos do NPA deslocaram-se ao local, juntamente com o cidadão, e verificaram que a raposa se encontrava num ribeiro de difícil acesso, devido à forte vegetação existente no local”, confirma a Guarda Nacional Republicana.

LEIA DEPOIS
Assaltante toxicodependente de Braga detido após um mês de ‘perseguição’

DIAP de Faro vai investigar “ato venatório” com recurso a armadilhas

Na sequência da ação, “foi solicitado o reforço de uma equipa da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS), que efetuou o corte da vegetação, permitindo assim resgatar o animal”. “A raposa foi posteriormente entregue no Centro de Recuperação de Animais Selvagens (RIAS), em Olhão. Foi ainda elaborado um auto de notícia por prática do ato venatório com recurso a meios de caça não permitidos (armadilhas) e os factos foram remetidos ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro.”

Impala Instagram


RELACIONADOS