O caso impressionante do gémeo parasita separado do corpo do irmão [vídeo]

Em 2016, Hemlata Singh foi mãe de um saudável e terno bebé. O único problema é que a criança tinha um gémeo parasita agarrado à barriga.

Em 2016, Hemlata Singh, uma mãe a viver em Jodphur, na Índia, deu à luz um saudável e terno bebé. O único problema era o de a criança ter um gémeo parasita. O recém-nascido poderia vir a ter uma vida normal e saudável apenas se se separasse do irmão siamês. Tudo pareceria simples se, mais tarde, não viesse a descobrir-se que o bebé parasita estava «totalmente formado, à exceção das pernas.

Única ligação do gémeo parasita ao irmão era o fígado

O facto de gémeos nascerem unidos torna-os siameses. Mas isso não constitui necessariamente perigo de morte. Na larga maioria, não havendo complicações para um dos dois, a esperança de vida é a mesma da do resto da população. E, sendo viável, podem ser separados sem constrangimentos. Há casos, contudo, em que uma das crianças nasce totalmente formada e a outra depende totalmente do gémeo ‘hospedeiro’. Por exemplo, se ambos partilharem órgãos vitais como o coração e existir perigo de ambos morrerem se a separação não for efetuada, é necessário decidir-se sobre qual dos gémeos terá direito a prosseguir a vida.

Sonni sobreviveu, mas o irmão morreu após a operação

Neste caso, ambos os bebés se encontravam ligados pelo fígado. E, por não estar totalmente formado, um dos gémeos parasitava o outro, saudável, aproveitando-se das funções corporais dele para manter-se com vida. A situação clínica, depois de avaliadas todas as vias, era a de que, cedo ou tarde, apenas uma das crianças sobreviveria. Ou, na melhor das hipóteses, viveria com sérios problemas de saúde. Assim, a decisão de separar as crianças foi tomada… Com apenas nove dias de idade, o pequeno Sonni foi separado do irmão gémeo parasita, que viria a morrer um par de horas depois da operação.

Sonni teve alta 12 dias após a cirurgia de separação e deixou o hospital com a mãe. «Estou muito feliz por ter o meu filho comigo», congratula-se Hemlata Singh. «Está mais saudável a cada dia que passa. Os médicos garantem-me que estará totalmente saudável em pouco tempo.»

LEIA MAIS

Ex-namorada de Ronaldo acusa-o de ser «psicopata» e quer ajudar Kathryn Mayorga

Professora arrasta menino com autismo pelo corredor da escola [vídeo]

Previsão do tempo para quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

O caso impressionante do gémeo parasita separado do corpo do irmão [vídeo]

Em 2016, Hemlata Singh foi mãe de um saudável e terno bebé. O único problema é que a criança tinha um gémeo parasita agarrado à barriga.