Gangue usa Uber e máscaras da “Casa de Papel” para assaltar casas

Tribunal de Guimarães está a julgar um grupo de nove homens que é suspeito de realizar cinco assaltos violentos a residências de Guimarães e Fafe, com recurso a arma de fogo.

Gangue usa Uber e máscaras da

Gangue usa Uber e máscaras da “Casa de Papel” para assaltar casas

Tribunal de Guimarães está a julgar um grupo de nove homens que é suspeito de realizar cinco assaltos violentos a residências de Guimarães e Fafe, com recurso a arma de fogo.

O Tribunal de Guimarães está a julgar um grupo de nove homens é suspeito de realizar cinco assaltos violentos a residências de Guimarães e Fafe, com recurso a arma de fogo.

O meio de transporte utilizado durante os assaltos era um veículo registado na Uber, que pertencia a um dos elementos. Ao longo de um mês e meio, entre 12 de outubro e 27 de novembro de 2019, os ladrões amealharam cerca de 70 mil euros com os furtos.

O primeiro assalto aconteceu em Fafe, quando o grupo se deslocou até à casa de um agente da PSP, de madrugada. O gangue surpreendeu o agente e a mulher – que estavam a dormir -, e acabaram mesmo por agredir o homem. Ameaçaram também fazer mal ao filho de oito anos que estava no quarto ao lado.

Rosto coberto com máscaras da série “Casa de Papel”

Levaram o que quiseram, sob ameaça de arma e envergando máscaras a imitar o rosto do pintor Salvador Dalí, que ficaram famosas com a série espanhola “Casa de papel“. Cinco dias depois, em Pevidém, Guimarães, assaltaram a residência de um casal de idosos durante a tarde.

Tal como escreve o JN, este foi, de resto, o assalto que mais rendeu: foram 60 mil euros em dinheiro, ouro e artigos informáticos. As joias foram vendidas na loja “Baú das Patacas”, no Centro Comercial Londres, em Matosinhos.

O dono é o décimo arguido do processo, por recetação. Até serem capturados, a 11 de dezembro desse ano, pela PJ de Braga, os ladrões ainda assaltaram casas em Fermentões e Creixomil, Guimarães, e em Fornelos, Fafe.

LEIA AINDA
Prisão perpétua para jovens que esfaquearam homem numa festa
Prisão perpétua para jovens que esfaquearam homem numa festa
Os cinco membros que esfaquearam um homem até a morte foram condenados a prisão perpétua. Na origem do ataque estará um aposta de pouco mais de cem euros. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS