Funcionário dos CTT furta mais de 50 mil euros do interior de correspondência

Funcionário dos CTT, da ilha da Madeira, foi detido, acusado de vários crimes, e deverá ser ouvido dentro de horas em primeiro interrogatório judicial.

Funcionário dos CTT furta mais de 50 mil euros do interior de correspondência

Funcionário dos CTT furta mais de 50 mil euros do interior de correspondência

Funcionário dos CTT, da ilha da Madeira, foi detido, acusado de vários crimes, e deverá ser ouvido dentro de horas em primeiro interrogatório judicial.

A Polícia Judiciária deteve um funcionário dos CTT de 47 anos que furtou 51.800 euros do interior de correspondência. A detenção, feita através do Departamento de Investigação Criminal da Madeira, surge na sequência de denúncia dos serviços de auditoria e inspeção da empresa.

LEIA DEPOIS
Médico crítico de uso de máscaras processado pela Ordem dos Médicos

Funcionário dos CTT indiciado por vários crimes

O suspeito está indiciado dos crimes de peculato, falsificação de documentos e violação de correspondência. Na sequência das diligências, a PJ recuperou a quase totalidade do valor furtado. O detido vai entretanto ser ouvido em primeiro interrogatório judicial.

LEIA AGORA
Recém-nascido arrancado do chão depois de enterrado vivo [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS