Frente do fogo de Monchique está a ceder ao combate em Odemira - bombeiros

Frente do fogo de Monchique está a ceder ao combate em Odemira – bombeiros

Uma das frentes do incêndio na serra de Monchique, que se propagou ao concelho vizinho de Odemira, está a ceder aos meios de combate, disse à Lusa o comandante dos bombeiros locais.

Odemira, Beja, 05 ago (Lusa) – Uma das frentes do incêndio na serra de Monchique, no Algarve, que se propagou ao concelho vizinho de Odemira, Alentejo, está a ceder, hoje à tarde, aos meios de combate, disse à agência Lusa o comandante dos bombeiros locais.

Segundo Luís Oliveira, comandante dos Bombeiros Voluntários de Odemira, no distrito de Beja, o fogo, na vertente mais a norte, atingiu a serra de Algares, na área do concelho alentejano e contígua à serra de Monchique (Faro), “com mais intensidade” nas redondezas da pequena aldeia de Moitinhas.

“O incêndio [na serra de Algares] está a ceder favoravelmente aos meios de combate”, afirmou o responsável.

Na área do concelho de Odemira, segundo as autoridades, foram retiradas desde sábado, por precaução, 31 pessoas de cinco sítios (Várzea do Carvalho, Moitinhas, Barreirinhas, Vale das Hastes e Craveiras).

Segundo o presidente da Câmara de Odemira, José Alberto Guerreiro, as pessoas deslocadas passaram a noite no centro sociocultural de Saboia.

O apoio às pessoas deslocadas está a ser feito por técnicos da Segurança Social e da Cruz Vermelha Portuguesa de Beja, em termos sanitários e logísticos, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

Pelo menos cerca de 30 hectares de mancha florestal já arderam no concelho de Odemira, referiu o autarca.

Das corporações de bombeiros do distrito de Beja, 73 operacionais, com o apoio de 21 veículos, estão envolvidos nas operações de combate às duas frentes do incêndio que deflagrou na sexta-feira na serra de Monchique.

O incêndio, que deflagrou na sexta-feira na zona da Perna da Negra, estava, cerca das 16:45 de hoje, a ser combatido por 831 operacionais, com o apoio de 223 viaturas e 12 meios aéreos, segundo a página na internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

MLM // SB

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Frente do fogo de Monchique está a ceder ao combate em Odemira – bombeiros

Uma das frentes do incêndio na serra de Monchique, que se propagou ao concelho vizinho de Odemira, está a ceder aos meios de combate, disse à Lusa o comandante dos bombeiros locais.