História da bebé abandonada no lixo que estava a ser comida por formigas tem final feliz

Um homem passeava numa floresta quando encontrou uma bebé abandonada. A criança, com dias, estava indefesa e uma colónia de formigas alimentava-se dela.

Denis Saranzev fazia a sua habitual ronda nos arredores da fábrica na Rússia onde é segurança quando ouviu o que lhe parecia um bebé a chorar. Ao seguir o choro, encontrou numa vala da orla da floresta um cenário inimaginável: formigas alimentavam-se de uma bebé abandonada.

No meio de «lama e de lixo», viu primeiro «um pequeno braço». Afastou alguns detritos e viu o que lhe «parecia ser um saco de plástico amarrado». Quando Denis desamarrou o saco, ficou em choque. «Era uma bebé, abandonada, com poucos dias de vida.»

LEIA MAIS: Estrela da TV em tribunal por abusar sexualmente da filha

A recém-nascida estava «coberta de lama, de lixo» e de insetos. «Havia formigas a comerem-lhe os olhos e os ouvidos ouvidos.» Sem «pensar duas vezes», levou a bebé para o hospital e avisou a Polícia.

De acordo com o relatório clínico, as formigas «entraram nos ouvidos da criança, que tinha também os olhos infetados e cheios de pus». A equipa de pediatria que tomou conta do caso confirmou também a idade da bebé, que viria a receber o nome de Kristina: «cinco dias de vida, no máximo». Os pediatras consideraram ainda que a sobrevivência da menina foi “um verdadeiro milagre”.

A bebé abandonada numa vala de lixo e lama com apenas cinco dias de vida foi batizada de Kristina

Poucas horas depois de socorrida a criança, a Polícia viria a encontrar a mãe biológica de Kristina. Olesja, de 22 anos, foi detida e confessou a verdade.

«Não queria» a criança e abandonou-a «na floresta». As Autoridades localizaram dias depois o pai da menina, Andrej, que alegou não fazer a «mínima ideia de que tinha sido pai«, pois terá tido apenas «um breve relacionamento com Olesja», até porque era casado.

LEIA MAIS: Mulher faz parto sozinha e marido filma tudo

Kristina acabou por ser adotada logo que Andrej foi confirmado por teste ao ADN ser de fato pai dela. Apesar de casado, Andrej assumiu a menina e levou-a para casa, com a concordância de Tatyana, a mulher.

O casal tinha já um filho e a integração de Kristina foi natural. Tatyana não se sente madrasta, mas antes «verdadeiramente mãe» da menina. Olesja, mãe biológica de Kristina, não foi presa, mas acabou condenada a dois anos de liberdade condicional.

LEIA MAIS: Mãe morre após dar à luz sétimo filho e bebé vai parar a mãos inesperadas


RELACIONADOS

História da bebé abandonada no lixo que estava a ser comida por formigas tem final feliz

Um homem passeava numa floresta quando encontrou uma bebé abandonada. A criança, com dias, estava indefesa e uma colónia de formigas alimentava-se dela.