Football Leaks: Rui Pinto foi constituído arguido noutro processo

Rui Pinto foi constituído arguido num outro processo pelo Ministério Público (MP), revelou hoje o advogado do criador da plataforma Football Leaks, Francisco Teixeira da Mota, antes de o seu constituinte prestar declarações em tribunal.

Football Leaks: Rui Pinto foi constituído arguido noutro processo

Football Leaks: Rui Pinto foi constituído arguido noutro processo

Rui Pinto foi constituído arguido num outro processo pelo Ministério Público (MP), revelou hoje o advogado do criador da plataforma Football Leaks, Francisco Teixeira da Mota, antes de o seu constituinte prestar declarações em tribunal.

“Queria comunicar que na sexta-feira Rui Pinto foi constituído de novo arguido relativamente a factos que estão aqui em julgamento. O processo tem três anos, mas o MP só nesta sexta-feira constituiu Rui Pinto como arguido”, afirmou o advogado, logo a abrir a sessão no Juízo Central Criminal de Lisboa. Segundo Francisco Teixeira da Mota, os factos relativos a esse processo terão sido praticados entre 2015 e 2018, sendo que o MP terá conhecimento dessas informações desde 2019. “Esta é uma estratégia perversa, prolongando artificialmente o estatuto de arguido”, sublinhou.

Rui Pinto acusado de 90 crimes

Rui Pinto, de 33 anos, responde por um total de 90 crimes: 68 de acesso indevido, 14 de violação de correspondência, seis de acesso ilegítimo, visando entidades como o Sporting, a Doyen, a sociedade de advogados PLMJ, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Procuradoria-Geral da República (PGR), e ainda por sabotagem informática à SAD do Sporting e por extorsão, na forma tentada. Este último crime diz respeito à Doyen e foi o que levou também à pronúncia do advogado Aníbal Pinto.

O criador do Football Leaks encontra-se em liberdade desde 07 de agosto de 2020, “devido à sua colaboração” com a Polícia Judiciária (PJ) e ao seu “sentido crítico”, mas está, por questões de segurança, inserido no programa de proteção de testemunhas em local não revelado e sob proteção policial.

Impala Instagram


RELACIONADOS