Filósofo francês lança polémica: «Violem as vossas mulheres»

Alain Finkielkraut, um filósofo francês, lançou a polémica depois de umas declarações que geraram discórdia durante o debate televisivo «O Grande Confronto», sobre a liberdade de expressão e opinião.

Filósofo francês lança polémica: «Violem as vossas mulheres»

Filósofo francês lança polémica: «Violem as vossas mulheres»

Alain Finkielkraut, um filósofo francês, lançou a polémica depois de umas declarações que geraram discórdia durante o debate televisivo «O Grande Confronto», sobre a liberdade de expressão e opinião.

Alain Finkielkraut, um filósofo francês, lançou a polémica depois de umas declarações que geraram discórdia durante o debate televisivo «O Grande Confronto», sobre a liberdade de expressão e opinião.

LEIA DEPOIS

Previsão do tempo para sexta-feira, 15 de novembro

O filósofo e Caroline de Haas, ativista feminista, discutiam os casos de violação e agressão sexual relatados pelos média nos últimos meses. Como forma de criticar o politicamente correto, Alain Finkielkraut afirmou que «politicamente correto não é benevolente, é a extensão demente do racismo, do sexismo e da homofobia».

«Eu violo a minha todas as noites e ela já está cansada»

«Antigamente havia violação, agora há a cultura da violação. A violação costumava servir para denunciar atos de penetração forçada, hoje em dia a cultura da violação inclui piadas obscenas, os engatatões, os toques e até o galanteio. Dessa forma  devem existir em França muitos potenciais violadores», começou por dizer o filósofo.

A ativista exaltou-se e respondeu: «Em média todos os dias 250 mulheres são violadas na França – mais de 90 mil por ano. Existem violações na França, senhor Finkielkraut!», referindo ainda que este tipo de discurso «banaliza a realidade do que é sofrido por milhares de mulheres em França», fazendo uma referência ao caso de Roman Polanski que fora novamente acusado de violação.

Alain Finkielkraut perde a cabeça e a meio do discurso de Caroline de Haas, começa a dizer: «Violar! Violar! Violar! Eu digo aos homens: violem as vossas mulheres. Eu violo a minha todas as noites e ela já está cansada». Esta afirmação chocou a plateia e deu origem a uma revolta nas redes sociais. Houve também várias denúncias ao Conselho Superior do Audiovisual francês.

Confira o vídeo do momento.

LEIA MAIS

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas no fornecimento de medicamentos todos os dias

Pai e filho encontrados mortos em Pombal

 

Impala Instagram


RELACIONADOS