Ex-primeira dama de El Salvador declara-se culpada das acusações de corrupção

Ligia de Saca chegou a um acordo no qual se declara culpada das acusações de corrupção relacionadas com branqueamento de capitais públicos (22,3 milhões de euros).

Ex-primeira dama de El Salvador declara-se culpada das acusações de corrupção

Ex-primeira dama de El Salvador declara-se culpada das acusações de corrupção

Ligia de Saca chegou a um acordo no qual se declara culpada das acusações de corrupção relacionadas com branqueamento de capitais públicos (22,3 milhões de euros).

San Salvador, 02 abr (Lusa) – A ex-primeira dama de El Salvador chegou a um acordo no qual se declara culpada das acusações de corrupção relacionadas com branqueamento de capitais públicos (22,3 milhões de euros), noticiou hoje a agência de notícias Efe.

O marido de Ana Ligia de Saca, o ex-Presidente Tony Saca, já está a cumprir uma pena de 10 anos pelo desvio de 300 milhões de dólares (268 milhões de euros) de fundos públicos para as suas empresas e para outras pessoas próximas.

O acordo de Ligia deverá traduzir-se num processo legal abreviado e serviço comunitário em vez de cumprir uma pena que poderia chegar a três anos efetivos de prisão.

O acordo foi discutido durante uma sessão na segunda-feira.

Saca governou El Salvador de 2004 a 2009. Ligia foi acusada de outros 14 crimes pelo papel que protagonizou no branqueamento de capitais.

JMC // JMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS